Rondônia, - 22:05

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Dia Mundial da Paralisia Cerebral
Dia Mundial da Paralisia Cerebral é celebrado em Ariquemes
Dia Mundial da Paralisia Cerebral é celebrado em Ariquemes. No último sábado (06), a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) realizou uma tarde recreativa na Praça da Vitória para crianças e adolescentes, com tema alusivo ao Dia Mundial da Paralisia Cerebral, deficiência física mais comum na infância, não tendo uma única causa, mas há uma sequência de eventos, antes, durante ou após o nascimento, que pode levar uma lesão no cérebro em desenvolvimento de um bebê. A ação contou com o apoio de algumas escolas municipais, AMAAR e voluntários. O objetivo foi lembrar as dificuldades e trazer o assunto para debate com a comunidade. Dados da SEMED revelam que existem mais de 17 milhões de pessoas no mundo com essa condição. Ainda no dia 8 em parceria com a Faculdade Faema, a Semed ofertou as Professoras da Sala de Recursos e cuidadores um encontro tendo duas palestras, a primeira com a professora do curso de enfermagem Sônia Carvalho com o tema: Paralisia Cerebral definição e causas e a outra palestra com a professora Patrícia Caroline Santana do curso de Fisioterapia, com o tema: O cuidado e manejo da pessoa com Paralisia Cerebral.
Publicado Terça-Feira, 9 de Outubro de 2018, às 14:35 | Fonte Assessoria de Comunicação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=355517&codDep=42" data-text="Dia Mundial da Paralisia Cerebral é celebrado em Ariquemes
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação

Dia Mundial da Paralisia Cerebral é celebrado em Ariquemes.

No último sábado (06), a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) realizou uma tarde recreativa na Praça da Vitória para crianças e adolescentes, com tema alusivo ao Dia Mundial da Paralisia Cerebral, deficiência física mais comum na infância, não tendo uma única causa, mas há uma sequência de eventos, antes, durante ou após o nascimento,  que pode levar uma lesão no cérebro em desenvolvimento de um bebê.

A ação contou com o apoio de algumas escolas municipais, AMAAR e voluntários. O objetivo foi lembrar as dificuldades e trazer o assunto para debate com a comunidade.  Dados da SEMED revelam que existem mais de 17 milhões de pessoas no mundo com essa condição. 

Ainda no dia 8 em parceria com a Faculdade Faema, a Semed ofertou as Professoras da Sala de Recursos e cuidadores um encontro tendo duas palestras, a primeira com a professora do curso de enfermagem Sônia Carvalho com o tema: Paralisia Cerebral definição e causas e a outra palestra com a professora Patrícia Caroline Santana do curso de Fisioterapia, com o tema: O cuidado e manejo da pessoa com Paralisia Cerebral.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Centro de Reabilitação referência na rede pública em Porto Velho
Com 56 profissionais, dos quais aproximadamente 50% com nível superior em áreas, como fisioterapia ortopédica, fisioterapia neurológica, terapia ocupacional, fonoaudiologia (fonoterapia/disfagia/traqueostomia), psicologia adulto/pediátrico......


Saúde: novo hospital de Jaru realizou 632 partos em apenas 10 meses
Segundo a direção do HM, somente de janeiro a outubro de 2018, foram realizados 632 partos. Desses 364 foram cesarianas e 268 partos normais....


Zika pode provocar infertilidade em homens, diz estudo
Quatorze homens infectados pelo vírus em 2016 participaram do estudo...


Câncer está prestes a se tornar a principal causa de morte nos EUA, superando doenças cardíacas
...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE