Rondônia, - 01:13

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Nacional
Mais 190 venezuelanos vão hoje de Roraima para o Rio Grande do Sul
Publicado Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, às 06:06 | Fonte Amazonia.org.br 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=354113&codDep=71" data-text="Mais 190 venezuelanos vão hoje de Roraima para o Rio Grande do Sul
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação - Internet

 

Dentro da oitava etapa do processo de interiorização de imigrantes iniciado ontem (12), mais de 190 venezuelanos deverão embarcar hoje (13) de Boa Vista (RR) para as cidades gaúchas de Canoas e Esteio. Ontem, cerca de 200 já haviam deixado a capital de Roraima com destino a Canoas.

A previsão é de que o Boeing 767 da Força Aérea (FAB) decole às 9h e chegue ao aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre (RS) às 14h40.

Nos dias 4 e 5, outros 408 venezuelanos foram enviados a Manaus, Cuiabá, São Paulo, Esteio (RS) e Brasília. Desde o início do processo, 1,9 mil imigrantes já foram levados a outros estados.

O governo federal informou que todos os venezuelanos que solicitaram refúgio e residência e aceitaram participar da interiorização foram vacinados, submetidos a exame de saúde e regularizados no Brasil, o que inclui a obtenção de CPF (Cadastro de Pessoas Física) e carteira de trabalho.

A iniciativa visa ajudar os imigrantes em situação de extrema vulnerabilidade a encontrar melhores condições de vida no Brasil.

Por participar do processo de interiorização de venezuelanos no Brasil, o município de Canoas vai receber R$ 1,2 milhão em repasses do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), valor que corresponde a uma ajuda financeira pelo prazo de seis meses.

Já Esteio, cidade localizada na Região Metropolitana de Porto Alegre, receberá, até domingo (16), R$ 533,4 mil.

Mais de 1,9 mil imigrantes foram transferidos
Desde abril, quando a interiorização começou a ser feita, mais de 1,9 mil imigrantes foram levados a outros estados. As transferências são voluntárias.

Primeiro, as cidades manifestam ter condições de receber os venezuelanos, geralmente com espaços oferecidos por organizações sociais e igrejas, e autoridades do governo federal e organismos internacionais como a Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados (Acnur) e a Agência da ONU para as Migrações (OIM).

A partir daí, são identificadas as pessoas que têm interesse no projeto e enquadradas nos perfis de cada abrigo.

Retirados das ruas
Por meio de nota, o Exército informou ter retirado na madrugada desta quinta-feira, das ruas de Boa Vista, cerca de 200 imigrantes em situação de vulnerabilidade.

Eles serão enviados ao posto de triagem localizado na capital do estado para serem cadastrados, imunizados, alimentados e abrigados.

 

 

Por: Pedro Peduzzi
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Kleber Sampaio

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Região Norte


Negócios são linha de defesa crítica contra desmatamento no Brasil, afirma consultoria internacional
Um boletim informativo divulgado semana passada analisa quatro empresas do setor privado que podem sofrer riscos materiais, financeiros, de acesso a mercados e de reputação ao se associarem com o desmatamento da Amazônia. ...


Incêndios florestais: Amajari queima com o fogo
Tomado pelo fogo, Roraima já registrou 2.690 focos de calor este ano....


Bebê morre dentro de carro esquecido pelo pai
Um bebê de 1 anos e 4 meses morreu após ser esquecido durante 3 horas dentro de um carro pelo pai....


Tocantins: Condições precárias na TO-020 dificultam tráfego de veículos e provocam acidentes
Uma mulher, que pediu para não ser identificada, fez o registro de um acidente, quando passava pelo local neste domingo (24)....

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE