Rondônia, - 22:46

 

Você está no caderno - NACIONAL
Jucá deixa liderança do governo
Ministro diz que Jucá deixa liderança do governo por “questões locais”
Carlos Marun negou possibilidade de crise no MDB, presidido por Jucá
Publicado Quarta-Feira, 29 de Agosto de 2018, às 05:26 | Fonte Amazonia.org.br 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=353190&codDep=30" data-text="Ministro diz que Jucá deixa liderança do governo por “questões locais”
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação - Internet

 

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse hoje (27) que o senador Romero Jucá (MDB-RR) tomou uma atitude “ética” ao deixar a liderança do governo no Senado, após desentendimentos sobre a forma de lidar com os imigrantes venezuelanos que chegam por Roraima. Segundo ele, o parlamentar continuará tendo protagonismo em assuntos como a construção do chamado Linhão de Tucuruí, mas deixou o cargo de líder por “questões locais”.

“O governo tem muito a agradecer ao seu dinamismo e competência durante o tempo que ele exerceu essa função e desejamos êxito ao senador, principalmente nesta empreitada eleitoral, a qual ele se dedica a partir de agora com mais afinco. Ele está tomando uma atitude ética. A partir do momento que discorda da nossa atitude em relação à questão, ele decide se afastar e tem o direito de tomar as atitudes que entender as mais devidas para a questão”, avaliou.

O ministro repetiu que o governo federal discorda da sugestão apontada por Jucá de fechar, temporariamente, a fronteira da Venezuela com Roraima. Mais uma vez, ele disse que o Brasil tem compromissos internacionais e uma tradição de acolhimento. Segundo Marun, o ex-líder do governo Romero Jucá não tomou a atitude com objetivos eleitoreiros.

Negando que o episódio possa deflagrar uma crise no MDB, partido do presidente Michel Temer e do qual Jucá é presidente nacional, Marun disse que a entrega do cargo foi um “ato de uma pessoa digna”. O nome do novo líder da bancada governista no Senado deve ser divulgado até amanhã (28).

Líder interino

O ministro disse que Temer deve iniciar ainda hoje as conversas com alguns parlamentares para substituir Jucá, mas não há uma lista de possíveis convidados. Como vice-líder do governo, quem assume interinamente o cargo é o senador Fernando Bezerra (MDB-PE).

“Um senador com o gabarito e a capacidade do Jucá sempre faz falta. Mas ninguém é insubstituível. Ele foi protagonista e continua sendo protagonista nessa questão do linhão, cuja solução ficou praticamente já alinhavada. Vamos nos próximos dias, certamente nesse governo, iniciarmos a obra. Não é pelo fato de Jucá deixar de ser líder do governo que o linhão deixa de ser prioridade nossa”, garantiu.

 

 

Por: Paulo Victor Chagas
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Davi Oliveira

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em NACIONAL


CELSO DE MELLO: “CENSURA JUDICIAL CONSTITUI VERDADEIRA PERVERSÃO DA ÉTICA DO DIREITO”
A censura, qualquer tipo de censura, mesmo aquela ordenada pelo Poder Judiciário, mostra-se prática ilegítima, autocrática......


Quebrou: Avianca cancela mais de 300 voos em todo o País
O cancelamento de matrícula de dez aviões da empresa foi determinado pela Anac, a Agência Nacional de Aviação Civil, depois que a Justiça acatou o pedido......


Mourão cobra bom senso ao STF sobre censura a veículos de imprensa no país
O vice-presidente Hamilton Mourão cobrou, nesta quinta-feira (18/4), bom senso do Judiciário, em tom crítico à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF)...


Mega-Sena pode pagar R$ 45 milhões neste sábado
Apostas podem ser feitas até as 19h, em lotéricas ou pela internet....

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE