Rondônia, - 16:13

 

Você está no caderno - Artigos
A jabuticaba política
A jabuticaba política
Fruto que se supõe só existir no Brasil, o MDB é uma espécie de jabuticaba. É no mundo único partido grande que governa em todas as..
Publicado Quinta-Feira, 2 de Agosto de 2018, às 06:04 | Fonte Carlos Sperança 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

 

Fruto que se supõe só existir no Brasil, o MDB é uma espécie de jabuticaba. É no mundo único partido grande que governa em todas as coalizões há mais de 30 anos e nunca venceu uma só eleição presidencial.

Conseguiu entrar em acordo com a ditadura, que o criou e lhe passou o bastão do poder, mas nunca pôde estabelecer um acordo eleitoral direto com o povo para governar nação. Mesmo assim sempre esteve no governo, indo para a cabeça duas vezes e sempre em situações excepcionais: na eleição indireta de Tancredo e no impeachment de Dilma.

A dramática e tensa convenção estadual do MDB em Rondônia talvez tenha apresentado um desfecho modelar para diversos outros estados e também para a difícil homologação de seu candidato presidencial, Henrique Meirelles.

Quando o governo Temer se encerrar, a jabuticaba do MDB terá em seu passivo dois presidentes mais impopulares da história e a possibilidade de constituir uma nova bancada amorfa e sem um projeto nacional. A “ponte para o futuro” acabou virando uma “pinguela para o passado”.

No entanto, poderá mais uma vez ser o fiel da balança da próxima coalizão: o MDB é a matéria-prima do Centrão, uma jabuticabeira de direita com um discurso de “quase esquerda”.

……………………………………

A indefinição

Mesmo com as convenções realizadas na maioria dos partidos importantes, ainda não temos uma definição de vices para a maioria dos candidatos majoritários. Todo mundo catimbando. E o MDB ainda espera um acordo com os tucanos de Expedito Junior e os Democratas de Marcos Rogério, que terão convenção neste final de semana

As especulações

O grande problema dos partidos ainda é a composição das nominatas para a Câmara dos Deputados. O MDB segue buscando reforços entre seus quadros e nas suas alianças para ajustar a reeleição de Marinha Raupp (Rolim) e Lucio Mosquini (Ouro Preto). O problema é engabelar gente para entrar na peleja apenas para servir de escada dos dois medalhões.

Mesmo dilema

O mesmo dilema para reformar sua nominata para a Câmara dos Deputados é encontrado pelo governadoravel tucano Expedito Junior, que só tem Mariana Carvalho (PSDB) e Expedito Neto (PSD) como nomes de ponteira. É essencial para os partidos eleger deputados federais já que deste numero será definido a partilha do fundo partidário já no ano que vem.

Esta sobrando

Já na aliança PDT/PSB/SD/PTB/PP/PR, sobram candidaturas de peso. Além dos atuais deputados Nilton Capixaba (PTB), Luis Claudio (PR), proliferam nomes de estatura, como do ex-prefeito Mauro Nazif (PSB), Jaqueline Cassol (PP), Amir Lando (PSB), Jidaias Tziu (Ariquemes), Silvia Cristina (Ji-Paraná), o ex-prefeito Melki Donadon (Vilhena), entre outros.

Grupo da Morte

Apesar da desgraceira toda na sua convenção, o MDB tem ainda alguma coisa a comemorar. Tem a nominata mais forte a Assembléia Legislativa, que conta com 5 deputados estaduais e mais as candidaturas de Willians Pimentel, Joelna Houden e Zequinha Araujo (Porto Velho). A nominata foi batizada do “Grupo da Morte”, diante da ameaça de pelo menos 3 deputados estaduais não se reeleger.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Artigos


Escolas de samba começaram a marcar seus eventos
Depois que a prefeitura de Porto Velho divulgou a programação oficial do carnaval 2019, as escolas de samba se acordaram e começaram a.....


“Cautela e Canja de Galinha não fazem mal a ninguém”
Que Deus ilumine a mente do nosso governador eleito Coronel Marcos Rocha, para que consiga formar uma equipe de primeira, para ajudá-lo a.....


A Flor do maracujá está bombando
A festa folclórica do estado de Rondônia que está acontecendo na Cidade da Cultura, desde a última sexta feira 27, continua bombando......


Procurador da República expõe em artigo as mazelas das Usinas do Madeira
O julgamento das usinas traduziu um tribunal de exceção para um fato que, infelizmente, não foge à regra. Pelo menos não até agora. Quem sabe o cenário não começa a mudar a partir de janeiro de 2019? ...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE