Rondônia, - 06:22

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
EurAfrican Forum começa em Cascais para aproximar África e a Europa
Publicado Terça-Feira, 10 de Julho de 2018, às 07:01 | Fonte Observador 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=350858&codDep=24" data-text="EurAfrican Forum começa em Cascais para aproximar África e a Europa
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

 

Duas dezenas de líderes europeus e africanos do mundo empresarial, político e da sociedade civil participam esta terça-feira no 1.º EurAfrican Forum, em Cascais, arredores de Lisboa, com o objetivo de criar confiança e construir pontes entre os dois continentes.

O evento, organizado pelo Conselho da Diáspora Portuguesa, pretende contribuir para um futuro “próspero e sustentável” em África e na Europa, aproveitando sinergias e promovendo oportunidades de negócio com benefícios mútuos, valorizando sobretudo as novas gerações, de acordo com a organização.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, vai moderar um painel institucional sobre as perspetivas políticas para as relações futuras entre Europa e África, em que participam representantes de Angola, Cabo Verde, Argélia, Senegal e Tunísia, entre outros países.

A realização do encontro em Cascais “evidencia e reforça o papel de Portugal como ponte privilegiada entre a Europa e África”, segundo um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

O presidente do Conselho da Diáspora Portuguesa, Filipe de Botton, adiantou que vão estar também em destaque questões como a partilha de recursos e infraestruturas entre os dois continentes, de forma a criar um “efeito multiplicador” e gerador de riqueza, a “aceleração da quarta revolução industrial em Árica e a promoção das “diásporas africanas”.

Entre os oradores contam-se Mariéme Jamme, fundadora de I Am The Code; Sophia Bekele, presidente da CBS International e fundadora e diretora executiva da DotConnectAfrica; Kola Karim, fundador e presidente do Shoreline Group; Hitesh Anadkat, presidente do First Merchant Bank; Saran Kaba Jones, fundadora e presidente da Face Africa e Manuel Mota, presidente da Mota-Engil África, entre outros.

O fórum é presidido pelo ex-primeiro-ministro português, ex-presidente da Comissão Europeia e atual presidente não executivo do banco Goldman Sachs, José Manuel Durão Barroso.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Governo decide estender acolhida a venezuelanos
Ela foi criada para receber e redistribuir a outras partes do país venezuelanos que chegam a Roraima fugindo da crise política e econômica da ditadura de Nicolás Maduro. ...


Líder de oposição venezuelana: Brasil terá papel central para saída de Maduro
Em nota, Itamaraty acusa regime chavista de terrorismo, narcotráfico e corrupção...


Brasil deve liderar movimento contra Maduro
O presidente fará uma ofensiva no Fórum Econômico Mundial, na semana que vem, para legitimar um governo de transição naquele país. “Tudo faremos para que a democracia seja restabelecida”, afirmou Bolsonaro....


Venezuela: 3,7 milhões de pessoas estão subalimentadas
Aumento de pessoas subalimentadas na Venezuela foi de 600 mil, entre 2015 e 2017, explica um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE