Rondônia, - 11:38

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Sedam apreende mais de 500 metros cúbicos de madei
Sedam apreende mais de 500 metros cúbicos de madeira extraída ilegalmente
A madeira está sendo calculada por fiscais da Sedam dentro da unidade de conservação
Publicado Quarta-Feira, 27 de Junho de 2018, às 10:13 | Fonte Ascom - Governo de RO 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=350240&codDep=38" data-text="Sedam apreende mais de 500 metros cúbicos de madeira extraída ilegalmente
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Equipe do Programa de Monitoramento de Biodiversidade da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) foi até a Reserva Extrativista Rio Preto Jacundá, no início deste mês, para fazer abertura de trilha de cinco quilômetros para levantamento de fauna, flora e controle de borboletas, verificando a qualidade da floresta e se a unidade de conservação está mantendo sua sustentabilidade.

 

Na ação, uma das equipes percebeu a presença de “toreiros” com maquinários e toras de madeira extraída ilegalmente. Mais de 500 metros cúbicos de madeira foram extraídos da área. “No mesmo momento, os servidores saíram da floresta por questão de segurança e foram até a nossa base no alojamento, onde acionamos a Polícia Ambiental de Machadinho D’Oeste, e comunicamos os nossos superiores em Porto Velho. A polícia registrou a ocorrência e realizou as prisões”, conta a engenheira florestal Sebastiana Almeida, diretora de Unidade de Conservação do Uso Sustentável.

 

A Resex Rio Preto Jacundá está localizada nos municípios de Cujubim e Machadinho D’oeste, sendo 75% dentro da última cidade, com melhor acesso à área de 95.300 hectares, onde 24 famílias mantem residência autorizada, usufruindo da caça e da pesca para subsistência. O roubo aconteceu próximo à comunidade Jatuarana. “A área é destinada ao manejo florestal. Nós teremos o apoio do pessoal do Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) para nos dar o suporte com a retirada da madeira e, atualmente, os nossos fiscais estão no local calculando o volume e o prejuízo ambiental causado pela ação criminosa”.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Antropólogo destaca conquistas de índios ticuna do Alto Solimões
João Pacheco de Oliveira, que participa do I Congresso Internacional sobre Povos Indígenas em Fronteiras Amazônicas, realiza trabalhos com etnia desde 1974...


Governo prepara MP como opção se leilão da Amazonas Energia fracassar
O governo federal estuda publicar, ainda esta semana, uma medida provisória (MP) autorizando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a escolher uma empresa do setor elétrico para administrar a distribuidora Amazonas Energia a partir de 1º de...


Exército e PF tiram 1.900 garimpeiros de terra ianomâmi
Operação em Roraima apreendeu veículos e 750 kg de ouro em três meses de atividade ...


Comunicadores indígenas contra as fake news
Em tempos de proliferação de notícias falsas via redes sociais e ameaças aos povos da floresta, Rede de Comunicadores Indígenas do Rio Negro traça estratégia para narrar suas próprias histórias...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE