Rondônia, - 18:47

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Netanyahu afirma que métodos não-letais “não funcionam” para Gaza
Publicado Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, às 09:37 | Fonte Revista Exame 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=348551&codDep=24" data-text="Netanyahu afirma que métodos não-letais “não funcionam” para Gaza
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Netanyahu: ''Nós tentamos minimizar as vítimas. Eles querem que elas existam para colocar pressão sobre Israel'', disse o primeiro-ministro de Israel. (Ronen Zvulun/Reuters)

 

Washington – O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta terça-feira em entrevista à emissora americana “CBS” que os métodos não-letais não funcionam para Gaza, onde ontem seu exército matou mais de 60 palestinos.

“Tentamos de todas as maneiras. Testamos todos os tipos de métodos. Você tenta métodos não-letais e não funcionam. Então te deixam com opções ruins. É um mau negócio”, afirmou o premiê israelense na entrevista gravada em Jerusalém.

Netanyahu explicou assim a morte a tiros de mais de 60 palestinos nos protestos de ontem em Gaza contra a inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, que o presidente Donald Trump ordenou transferir de Tel Aviv.

Além disso, o líder israelense culpou o movimento palestino Hamas pelas mortes, ao acusá-lo de buscar vítimas.

“Nós tentamos minimizar as vítimas. Eles querem que elas existam para colocar pressão sobre Israel”, disse Netanyahu.

“Empurram civis, mulheres e crianças para a linha de fogo com o objetivo de obter vítimas”, acrescentou o primeiro-ministro israelense, que também acusou o Hamas de “pagar” aos palestinos para participar dos protestos.

“Infelizmente, estas coisas são evitáveis. Se o Hamas não os tivesse empurrado, não teria acontecido”, completou Netanyahu.

O massacre de palestinos de ontem provocou hoje várias condenações internacionais.

Em reunião de urgência do Conselho de Segurança das Nações Unidas, os Estados Unidos defenderam sozinhos a resposta de Israel aos protestos em Gaza perante uma maioria de países que questionou essa atuação. EFE

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Esta pode ser a casa mais cara que alguma vez esteve à venda
446 milhões de dólares (pouco mais de 380 milhões de euros) é quanto custa uma mansão numa zona privilegiada de Hong Kong...


Maior reserva de Moçambique perdeu 16 mil elefantes em sete anos
O abate ilegal de elefantes em Moçambique ascende a 16 mil animais mortos em sete anos, numa só reserva, Niassa, norte do país, segundo dados divulgados esta quarta-feira pelo diário O País....


ONU nomeia representante especial para tratar do êxodo venezuelano
A crise da imigração de venezuelanos nas Américas e demais continentes levou hoje (19) a Organização das Nações Unidas (ONU) a nomear um representante especial exclusivamente para tratar do tema. ...


Crise dos opiáceos faz mais de 8.000 mortos em dois anos no Canadá
Crise dos opiáceos no Canadá é explicada, em parte, devido ao tráfico de fentanil, uma droga ilegal sintética importada da Ásia e que é considerada 30 a 50 vezes mais potente do que a heroína e 50 a 100 vezes mais potente do que a morfina...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE