Rondônia, - 14:55

 

Você está no caderno - Economia
Economia
Moody’s reafirma rating dos EUA em Aaa, com perspectiva estável
Publicado Quinta-Feira, 26 de Abril de 2018, às 07:28 | Fonte Revista Exame 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=347488&codDep=20" data-text="Moody’s reafirma rating dos EUA em Aaa, com perspectiva estável
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

EUA: Moody's destacou que Executivo e Legislativo serão desafiados a realizar mudança pronunciada na política fiscal (Timothy A. Clary/AFP/AFP)

 

A agência de classificação de risco Moody’s reafirmou a nota de crédito de longo prazo dos Estados Unidos em Aaa e manteve a perspectiva estável.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, a Moody’s comenta que a manutenção do rating dos EUA em Aaa “reflete a força econômica excepcional” do país, a força muito alta das instituições americanas e a exposição muito baixa dos EUA a choques relacionados a crédito, “dados os papéis únicos e centrais do dólar e do mercado de títulos do Tesouro americano no sistema financeiro global”. Para a agência, essas características contrabalançam a força fiscal mais baixa do país, embora ela ainda seja alta.

Para a Moody’s, a credibilidade e a eficácia da política monetária é um “pilar fundamental” da força institucional dos EUA. A formulação de políticas fiscais, no entanto, é menos robusta do que outros países que também têm rating “Aaa” e, de acordo com a agência, “a experiência nos últimos anos sugere que os poderes Legislativo e Executivo dos EUA serão desafiados a realizar uma mudança pronunciada na política fiscal para enfrentar as crescentes pressões”.

O principal motivador para a perspectiva estável, de acordo com a Moody’s, “é a visão de que a diversidade, o dinamismo e a competitividade da economia americana, juntamente com o status do dólar como principal moeda de reserva internacional, além da profundidade grande do mercado de títulos públicos dos EUA “compensam o aumento das pressões fiscais decorrentes de gastos relacionados ao envelhecimento, a pagamentos mais alto do serviço da dívida e a ações políticas recentes, que provavelmente reduzirão as receitas futuras e aumentarão os gastos”.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Economia


Veja a cotação do dólar, peso e outras moedas hoje
Confira a a cotação do dólar, peso e outras moedas hoje...


Receita cobra: o que é R$ 69 milhões para o Neymar
Multa é referente à transferência do jogador do Santos para o Barcelona, em 2013...


23% dos trabalhadores devem usar 13º salário com presentes de Natal
27% vão economizar e 17% quitar dívidas em atraso com dinheiro extra. Apenas 11% vão priorizar pagamento de impostos e tributos de início de ano. Segundo pesquisa, 44% dos consumidores brasileiros vão recorrer a bicos para comprar mais presentes de...


Um em cada quatro brasileiros vive com menos de R$ 406 por mês
Estudo do IBGE mostra que de 2016 para 2017 cresceu para 54,8 milhões no número de pessoas que vivem com menos de R$ 406 mensais. Norte e Nordeste têm o maior percentual de pobres na população. DF é a unidade da Federação mais desigual...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE