Rondônia, - 17:18

 

Você está no caderno - @realdonaldtrump Fim do Mundo
Internacional
Fim das sanções à Coreia do Norte só depois de Pyongyang desmantelar o arsenal nuclear
Publicado Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018, às 05:57 | Fonte Expresso 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=347250&codDep=68" data-text="Fim das sanções à Coreia do Norte só depois de Pyongyang desmantelar o arsenal nuclear
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

OLIVIER DOULIERY / POOL

 

Dar à Coreia do Norte um alívio substancial das sanções económicas que lhe são impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas não acontecerá facilmente e apenas em troca de uma suspensão dos testes nucleares. No futuro encontro do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, o objetivo será garantir uma ação rápida no sentido de Pyongyang desmantelar o seu arsenal nuclear, segundo disse este domingo fonte da administração Trump ao “The Wall Street Journal”.

"Quando o presidente diz que não vai fazer os mesmos erros do passado, isso quer dizer que os Estados Unidos não vão fazer grandes concessões, como por exemplo levantar as sanções, até que a Coreia do Norte tenha desmantelado os seus programas nucleares", cita o jornal americano. Segundo a mesma fonte, suspender os testes nucleares, como a Coreia do Norte anunciou ter feito na sexta-feira, "é facilmente reversível". "Quando está em causa permitir uma retoma da atividade económica, isso é algo que a Coreia do Norte terá de conquistar".

Contudo, o caminho está aberto. “Se a Coreia do Norte estiver disponível para avançar rapidamente para a desnuclearização, então o céu é o limite. Todo o tipo de coisas boas poderá acontecer", acrescentou a mesma fonte.

A Coreia do Norte anunciou na sexta-feira ter suspendido os testes nucleares e o lançamento de mísseis de longo alcance e que tem planos para encerrar as suas instalações de testes nucleares, segundo adiantou a Associated Press, citada pela Lusa. Essa suspensão teve efeitos a partir deste sábado. O país disse estar a mudar o foco da sua política nacional e concentrado em melhorar a sua economia.

Os Estados Unidos, a Coreia do Sul e a União Europeia saudaram a decisão de Pyongyang que ocorreu uma semana antes da cimeira entre Kim e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, a 27 de abril, na zona desmilitarizada que faz fronteira entre os dois países e que será a primeira reunião entre líderes coreanos em 11 anos.

A cimeira que marcará o encontro entre Donald Trump e Kim Jong Un está prevista para finais de maio ou início de junho.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em @realdonaldtrump Fim do Mundo


Após críticas, Trump reconhece que houve interferência russa em eleições
...


Trump diz que conversa do Nafta foi boa, mas considera acordos bilaterais
...


Trump ameaça UE com “tremenda” capacidade de punição no setor automotivo
...


Donald Trump é o maior anunciante político no Facebook
...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1


 


::: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE