Rondônia, - 20:39

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
SARAMPO
Parceria é firmada com governo da Venezuela para ações de combate
Na manhã desta quinta-feira (8) foi realizada uma reunião no município de Pacaraima, na fronteira Brasil/Venezuela, onde autoridades dos dois países firmaram uma parceria.
Publicado Sábado, 10 de Março de 2018, às 13:12 | Fonte Governo de Roraima 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=344410&codDep=71" data-text="Parceria é firmada com governo da Venezuela para ações de combate
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Foto: Divulgação

 

Na manhã desta quinta-feira (8) foi realizada uma reunião no município de Pacaraima, na fronteira Brasil/Venezuela, onde autoridades dos dois países firmaram uma parceria. O país vizinho se prontificou a apoiar ações de combate ao sarampo.

Além dos representantes venezuelanos, o encontro reuniu gestores do Governo do Estado, MS (Saúde), Opas/OMS (Organização Pan-americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde) e prefeitura de Pacaraima.

Segundo a coordenadora estadual de Vigilância em Saúde, Daniela Souza, ficou encaminhado para a próxima semana, uma capacitação entre os dois países ministradas pelo Ministério da Saúde. O objetivo é elaborar um relatório binacional para troca de informações epidemiológicas. “Também vamos tentar montar uma Sala de Situação em Pacaraima, para essa troca de informações e outros assuntos pertinentes”.

Outro assunto em pauta foi a articulação para que além da vacina contra febre amarela, seja exigida também a vacinação contra o sarampo para quem ingressar na Venezuela.

“Eles se comprometeram também a ceder estudantes de medicina e enfermagem de lá para virem ajudar na Campanha do sarampo, convidando as pessoas e alertando para a importância da vacinação”, informou a coordenadora.

Até o momento, todos os casos confirmados de sarampo no Estado são importados da Venezuela, por isso a importância de ações conjuntas.

 CAMPANHA – Neste sábado será o dia D da maior campanha de intensificação vacinal já realizada em Roraima. A meta é vacinar todas as pessoas de seis meses a 49 anos de idade, entre brasileiros e imigrantes venezuelanos, que não tenham sido vacinados, número estimado em até 400 mil pessoas.

O Governo garantiu todo o material necessário para a campanha, desde as doses e seringas para aplicação das vacinas, até camisetas, bonés, cartazes, faixas e outdoors para ajudar os municípios a mobilizar a população.

Serão 130 pontos de vacinação em todo o Estado, com o envolvimento direto de mais de 600 pessoas nas equipes de imunização.

A vacinação faz parte do plano emergencial de enfrentamento do surto de sarampo lançado pelo Governo do Roraima. Além da vacinação, o plano envolve ainda ações para treinamento das equipes de saúde dos municípios e unidades estaduais, fortalecimento da rede de laboratórios para além do melhorar o diagnóstico, além da implantação de uma Sala de Situação na fronteira Brasil/Venezuela.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Região Norte


Forças Armadas ficam em Roraima até dezembro
As Forças Armadas devem permanecer em Roraima até o final do ano para proteger instalações e atividades relacionadas ao acolhimento de refugiados. ...


Dinheiro não resolve problema de Roraima com venezuelanos, diz Padilha
Para ministro, interiorização de imigrantes é a solução para o estado...


Encontro em Brasília tenta envolver empresas na defesa dos direitos humanos
Debate foi organizado por movimentos populares, pesquisadores e organizações da sociedade civil...


Final do Campeonato Amazonense de Futsal – Série Prata – acontece hoje na Arena Amadeu Teixeira
...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE