Rondônia, - 07:01

 

Você está no caderno - Artigos
tudo pelo poder em rondônia
A briga é pra valer? - por: Carlos Sperança
Com um cipoal de rabos amarrados na política rondoniense, o jogo de puxa e estica de sempre é levado à mesa para as negociações, e..
Publicado Sexta-Feira, 9 de Março de 2018, às 11:16 | Fonte Carlos Sperança 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=344366&codDep=33" data-text="A briga é pra valer? - por: Carlos Sperança
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Redes Sociais e ou Internet

Com um cipoal de rabos amarrados na política rondoniense, o jogo de puxa e estica de sempre é levado à mesa para as negociações, e..

Com um cipoal de rabos amarrados na política rondoniense, o jogo de puxa e estica de sempre é levado à mesa para as negociações, e dependendo das cartas, todo mundo fica quieto. Senão vejamos: se a peleja ocasionada pelo caso das fitas entre o governador Confúcio Moura e o presidente da Assembleia Legislativa fosse mesmo para valer, neste episódio das gravações o conteúdo primeiramente seria enviado para o Fantástico. Se Maurão de Carvalho, revoltado com o vazamento do material, optasse por ferrar Confúcio, a Assembleia Legislativa não tinha se comportado como uma granja de avestruzes quanto ao entrevero, e tocado a CPI e o impeachment prometidos para a frente.

Vamos adiante, se Confúcio quisesse mesmo ferrar o valentão Jesuíno, que fala até na morte do mandatário no teor das fitas, teria feito um escândalo e exigido proteção da Polícia Federal além de denunciado o caso ao Ministério da Justiça. Ninguém, até ontem, queria ferrar ninguém. Ambas as partes querem mesmo é negociar um acordo político para salvar as aparências, mas desde já Maurão e Jesuíno ficaram no prejuízo com a opinião pública.

Enfim, o desenrolar da contenda vai indicar se esta briga é para valer, ou mais uma cena cenográfica – de tantas – da política rondoniense tão cheia de jogadas, onde os cabaços acabam apanhando de cinta das raposas políticas.

A desconfiança

Nos meios políticos existe a clara desconfiança de um dedinho do senador Valdir Raupp nas pressões (chantagem) dos deputados Maurão de Carvalho e Jesuíno para que o governador Confúcio Moura desista da candidatura ao Senado. A medida visa beneficiar o próprio Maurão, candidato ao governo, que anularia a ascensão de Daniel Pereira e tiraria do caminho de Raupp a candidatura ao Senado do governador Confúcio Moura. Coisa de louco!

Mais segurança

O satânico presidente Michel Temer continua com seu jogo de cena com a segurança púbica. Na quarta-feira se reuniu com os prefeitos das capitais para tratar do assunto. Ocorre que as prefeituras não têm meios para tratar desta matéria. E os recursos anunciados ficam só na promessa.

A lavagem

A tentativa dos meios empresariais de explorar os jogos de azar e da reabertura dos cassinos pelo País nas regiões de fronteira foi anulada na quarta-feira com o veto da Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Foram 13 votos contra e apenas 2 favoráveis, entre eles do senador Ivo Cassol (PP-RO), solidário com o autor do projeto Ciro Nogueira. As bancadas evangélica e católica eram contra a iniciativa.

As investigações

O deputado Jesuíno Boabaid, ao se defender das acusações a respeito das gravações onde sugere chantagear o governador Confúcio Moura, saiu atirando contra a imprensa, dizendo que a Assembleia Legislativa gasta R$ 26 milhões para não apanhar e que os donos dos sites têm funcionários indicados naquela Casa de Leis. O site deste Diário não tem nenhum e recomenda que o MP investigue se a coisa tem fundamento.

Acesso ao conjunto

As mãezinhas do governador e do prefeito da capital foram lembradas durante a inauguração do conjunto Cristal da Calama, devido aos lamaçais no acesso, da falta de transporte coletivo, de escola e de segurança naquela região. Parte dos problemas será sanada neste verão com a pavimentação das ruas de acesso, mas ainda outros problemas de infraestrutura precisam ser sanados.

Via Direta

*** E nada mais se falou da nova rodoviária e do projeto de esgotamento sanitário transferidos para a prefeitura de Porto velho *** Dois projetos encruados e amaldiçoados, coisa de louco! *** Se a gente olhar direito a coisa, o vice Daniel Pereira não está brigado-rompido com o governador Confúcio Moura *** Só está cobrando explicações sobre a reviravolta das demissões dos militares e ainda deixou o caminho livre para pular cirandinha logo mais adiante.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Artigos


Os ventos estão soprando contra os políticos tradicionais
O exemplo de Rondônia Não se pode ignorar que o atraso piorou com o impacto da crise mundial detonada em 2008, a marolinha que virou.....


Votos nulos beneficiam siglas atoladas na Lava Jato
Uma análise feita pela equipe de pesquisa do instituto Data Folha precisa ser muito bem avaliada pela população que está com a.....


É possível um grande abraço de afogados por causa de canibalismo
O futuro da Zona Franca Há um debate que já deveria estar completamente vencido e outro que ainda precisa engrenar quando se trata de.....


Lamentamos o incêndio que destruiu parte da história do Brasil
As labaredas que destruíram o Museu Nacional no Rio e Janeiro, afetaram também o estado de Rondônia. Acontece que faziam parte do acervo.....

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE