Rondônia, - 08:01

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Temer ignora VENEZUELANOS em Roraima
Igreja pede eficiência do Estado na fronteira entre Brasil e Venezuela
Em entrevista ao Vatican News, Ir. Rosita Milesi comenta a migração de venezuelanos para o Brasil e pede mais eficiência do Estado brasileiro.
Publicado Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2018, às 14:25 | Fonte VaicanNews 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342974&codDep=38" data-text="Igreja pede eficiência do Estado na fronteira entre Brasil e Venezuela
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Cerca de 18 mil venezuelanos cruzaram a fronteira com o Brasil nos primeiros dias de 2018 (ANSA)

A Força Nacional de Segurança começou a trabalhar em Pacaraima, na fronteira entre Brasil e Venezuela, na segunda-feira (19/02). Trata-se de 32 agentes da tropa federal que estão atuando no Estado de Roraima.

De acordo com o Ministério da Justiça, a atuação da tropa será sempre em auxílio à Polícia Federal tanto na cidade de Pacaraima quanto na faixa de fronteira, que é o principal foco do reforço.

Nos primeiros 45 dias de 2018, mais de 18 mil venezuelanos entraram no Brasil.

Roraima lida desde 2015 com a chegada de migrantes, cujo êxodo é motivado pela crise política, econômica e social da Venezuela. Em 2017, foram registrados 17.130 pedidos de refúgio pela Polícia Federal.

A Diretora do Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), Ir. Rosita Milesi, visita com frequência a região e fala que o principal desafio na fronteira é a lentidão dos governos federal, estadual e municipal:





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Pará é o estado com maior índice de desmatamento da Amazônia Legal, aponta Imazon
Ao contrário do ano anterior, foi registrado aumento de 22% do desmatamento em todo território da floresta amazônica em 2018. 52% das áreas atingidas no Pará são de preservação ambiental. ...


Comunicólogos de Porto Velho debatem lixo plástico e os efeitos nos rios
Defensora de questões socioeconômicas e ambientais com metodologias inclusivas, a jornalista Claudia Moura disse aos colegas debatedores, que soluções para problemas sociais do país......


MPF identifica responsáveis por todos os desmatamentos com mais de 60 hectares na floresta amazônica entre 2016 e 2017
2,3 mil pessoas ou empresas foram associadas a mais de 1,5 mil áreas desmatadas de forma irregular...


Governo Temer e Estado de Roraima não alcançam conciliação sobre imigrantes venezuelanos
Em uma primeira reunião, em maio, o estado abriu mão do fechamento de fronteira, mas pediu R$ 184 mi em ressarcimento, por parte do governo federal...

 
 
 

 


 


::: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE