Rondônia, - 09:31

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Restos de menina desaparecida em agosto são achados na França
Publicado Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, às 19:00 | Fonte DO G1 Por France Presse 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342681&codDep=24" data-text="Restos de menina desaparecida em agosto são achados na França
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Mulher observa cartaz com foto de Maelys de Araujo, então desaparecida, em foto de 28 de agosto de 2017 (Foto: Philippe Desmazes/AFP)

 

Os restos mortais de Maelys de Araujo, de 9 anos, desaparecida em agosto passado, foram encontrados nesta quarta-feira (14) de acordo com as indicações de Nordahl Lelandais, que confessou tê-la matado involuntariamente.

Lelandais também admitiu que se desfez do corpo, mas se negou a dar detalhes sobre as circunstâncias da morte, informou o procurador de Grenoble, Jean-Yves Coquillat.

"Esta noite, os pais de Maelys sabem que sua filha está morta, que foi assassinada", declarou à imprensa.

Os investigadores necessitaram de um dia inteiro para achar o corpo devido às más condições do lugar e à neve abundante.

"Os policiais e os cachorros conseguiram descobrir o crânio e um osso da menina", afirmou Coquillat.

Nordahl Lelandais, um ex-militar de 34 anos, disse que falará depois sobre as circunstâncias da morte da menina.

Ela desapareceu na noite de 26 de agosto durante um casamento no leste da França, no qual Lelandais também estava presente.

Em setembro, os investigadores acharam um rastro de DNA da menina no carro de Lelandais e a justiça o indiciou por suposto sequestro. Ele sempre negou o crime.

Em novembro, depois da análise das imagens das câmaras de segurança nas quais se via a menina dentro do carro do suspeito partindo do casamento e outra que o mostrava voltando para o casamento sem Maelys, a promotoria o acusou de homicídio.

Depois de seis meses de silêncio, Lelandais foi interrogado nesta quarta-feira e acabou guiando os investigadores ao local onde foi encontra o corpo da menina.

"A investigação prosseguirá", afirmou o procurador, referindo-se em particular ao esclarecimento das circunstância da morte.

Ele explicou que essa mudança de atitude do suspeito se deve ao rastro de sangue da menina debaixo tapete do carro.

Além disso, a justiça investiga Lelandais por seu suposto envolvimento em outros casos de desaparecimentos que nunca foram esclarecidos.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Turquia convoca embaixadores nos EUA e Israel em protesto por Gaza
...


Turquia acusa Israel de terrorismo de Estado e genocídio
...


Israelenses deveriam ser julgados como criminosos de guerra, diz Irã
...


EUA reforçam segurança de embaixadas no Oriente Médio
...

 
 
 

 


 


::: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE