Rondônia, - 04:36

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Conciliação? Chefes das Coreias dão aperto de mãos histórico
Publicado Segunda-Feira, 12 de Fevereiro de 2018, às 15:47 | Fonte Revista Exame 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342619&codDep=24" data-text="Conciliação? Chefes das Coreias dão aperto de mãos histórico
  
  WhatsApp - (69) 9201-1314
 

Chefe de Estado da Coreia do Norte, Kim Yong-Nam, brinda com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, dão aperto de mãos (Kim Hong-Ji/Reuters)

 

São Paulo – O presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o chefe de Estado da Coreia do Norte, Kim Yong-nam, reuniram-se nesta sexta-feira (9) dando um aperto de mãos, antes da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno que começa no Sul – relatou a agência de notícias sul-coreana Yonhap. Momentos depois, brindaram juntos.

 

 

 

 

Chefe de Estado da Coreia do Norte, Kim Yong-Nam, brinda com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in

Chefe de Estado da Coreia do Norte, Kim Yong-nam, brinda com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in (Yonhap/Reuters)

 

 

 

Kim é o representante norte-coreano de mais alto escalão a ter visitado a Coreia do Sul e dirige oficialmente a delegação diplomática do seu país. No encontro entre eles, que aconteceu durante a recepção dos dirigentes pré-abertura do evento, ambos estavam visivelmente relaxados e sorriam.

Já Kim Yo-jong, irmã de Kim Jong-un, desembarcou na Coreia do Sul nesta sexta-feira, tornando-se a primeira da família a visitar a Coreia do Sul desde a década de 50. Durante a cerimônia de abertura, foi vista sorridente cumprimentando Moon e sua esposa enquanto aguardava a entrada das delegações das duas Coreias, que vão desfilar juntas pela primeira vez em 12 anos.

 

 

 

Kim Yo-Jong, irmã de Kim Jong-un, cumprimenta o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e sua esposa

Kim Yo-jong, irmã de Kim Jong-un, cumprimenta o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e sua esposa (Kim Kyung-Hoon/Reuters)

 

 

 

Confidente de Jong-un, Yo-jong deve participar de uma série de encontros diplomáticos e trazendo mensagens de seu irmão, ao passo que Moon já sinalizou que pretende usar esse evento esportivo para negociações sobre o programa nuclear norte-coreano, uma das maiores preocupações da comunidade internacional atualmente. 

Apesar dos encontros amigáveis, a situação segue delicada. Às vésperas da abertura dos Jogos, que acontecem na cidade sul-coreana de PyeongChang, o regime de Kim Jong-un realizou um desfile militar para celebrar o aniversário de 70 anos do seu exército.

O ato foi visto pela comunidade internacional como uma demonstração de força e causou desconforto com a Coreia do Sul, que temia que tal celebração pudesse ofuscar os esforços diplomáticos para a participação do Norte no evento.

 

 

 

 

Infográfico sobre o programa nuclear da Coreia do Norte

 

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Sob bombardeios, moradores de região síria ‘esperam para morrer’
...


Brasil e Colômbia discutem impactos da migração venezuelana nos dois países
De acordo com Aloysio Nunes, o desejo dos países latino-americanos é que a Venezuela reencontre “seu caminho para a democracia”...


Ataques do governo deixam mais de 100 mortos na Síria
...


Mulheres se reúnem em Buenos Aires por lei de aborto
...

 
 
 

 



 


::: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE