Rondônia, - 14:33

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Governo
Plano de ações preventivas é iniciado devido à elevação do Rio Acre
Publicado Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, às 09:53 | Fonte Governo do Acre 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=341179&codDep=71" data-text="Plano de ações preventivas é iniciado devido à elevação do Rio Acre
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Em Rio Branco, a cota de alerta da Defesa Civil é de 13,40 metros e a de transbordamento de 14 metros (Foto: Sérgio Vale)

 

As equipes do governo do Estado e Prefeitura de Rio Branco deram início nesta quinta-feira, 11, às ações estratégicas preventivas em face da constante elevação do nível das águas do Rio Acre. Na medição realizada às 6 horas, o manancial registrou a marca de 12,17 metros.

De acordo com dados da Defesa Civil do Estado, em 2017, nesta mesma data, o Rio Acre registrava a marca de 7,86 metros, em 2016, 4,89 metros e em 2015 – ano que registrou a maior cheia do manancial ao chegar a marca dos 17,88 metros -, no dia 11 de janeiro, a medição indicava 8,18 metros.

O coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, coronel George Santos, informou que na manhã desta quinta-feira foram construídos 100 boxes, no Parque de Exposições da capital, para abrigar famílias que possam ter seus imóveis atingidos pelas águas do rio.

“A cota de alerta da Defesa Civil é de 13,40 metros e a de transbordamento de 14 metros, mas na prefeitura da capital começamos as ações com antecipação. Então, quando o rio atinge os 12 metros já começamos a construir os boxes e intensificar as atividades de monitoramento”, explicou o coronel.

As atividades que devem ser executadas neste período foram debatidas na tarde de quarta-feira, 10, durante reunião entre a governadora em exercício Nazareth Araújo e o prefeito Marcus Alexandre, no gabinete civil.

“A gente pensa no que pode acontecer de mais grave e torce, claro, para que não ocorra. Mas havendo a necessidade, precisamos dar a resposta e estamos preparados para isso. É a preparação que nos dá a tranquilidade das ocorrências que são típicas da nossa região amazônica, de tratá-las com aquilo que é o respeito à população e com a serenidade que a prevenção nos garante e é adequada para esse tipo de evento”, salientou Nazareth Araújo.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Região Norte


Forças Armadas ficam em Roraima até dezembro
As Forças Armadas devem permanecer em Roraima até o final do ano para proteger instalações e atividades relacionadas ao acolhimento de refugiados. ...


Governador eleito, nomeado interventor, assume atividades em Roraima
O governador eleito e interventor de Roraima, Antonio Denarium (PSL), começa hoje (10) oficialmente as atividades no estado por determinação do presidente Michel Temer. ...


Mais de 3 mil militares atuarão na fronteira com a Venezuela
Os 3.200 homens da 1ª Brigada de Infantaria de Selva do Exército – lotada em Boa Vista, mas com homens também em Manaus – serão responsáveis por reforçar a segurança na região fronteiriça do Brasil com a Venezuela, especificamente nas faixas norte ...


Justiça cancela concessão de rádio da família Barbalho no Pará
Rádio foi de Jader Barbalho até 2017 e agora é controlada por filhos...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE