Rondônia, - 22:20

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Os tradicionais bolinhos japoneses de Ano Novo que podem matar
Publicado Terça-Feira, 2 de Janeiro de 2018, às 16:40 | Fonte BBC Brasil 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=340711&codDep=24" data-text="Os tradicionais bolinhos japoneses de Ano Novo que podem matar
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

 

Duas pessoas morreram e diversas estão em estado crítico no Japão após engasgar com os tradicionais bolinhos de arroz servidos nas comemorações de Ano Novo.

Eles parecem inofensivos, mas a cada ano o petisco tira algumas vidas. Por isso, as autoridades têm feito alertas.

Os bolos, conhecidos como mochi, são uns pãezinhos redondos fofos feitos de arroz macio, mas difíceis de mastigar.

O arroz é primeiro cozido. Depois, socado e amassado.

 

 

 

Japoneses esmagam o arroz

Direito de imagem - AFP - Image caption - Japoneses preparam o mochi em Tóquio, socando e amassando o arroz cozido

 

 

 

É formada então uma massa de arroz pegajosa, e com ela os mochi são moldados e depois assados ou fritos.

As famílias japonesas tradicionalmente celebram o Ano Novo cozinhando um caldo de legumes no qual aquecem o mochi.

Como o mochi mata?

Os bolinhos são pegajosos e difíceis de mastigar. Tendo em conta que são bem maiores do que o tamanho de uma mordida, eles precisam ser laboriosamente mastigados antes de serem engolidos.

Qualquer pessoa que não consiga mastigá-los apropriadamente - como crianças ou idosos - vai descobrir que são muito difíceis de engolir.

 

 

 

 

Bolinho mochi

Direito de imagem - AFP - Image caption - O bolinho de arroz mochi é pegajoso e difícil de engolir, podendo ficar grudado na garganta

 

 

 

 

Se não for mastigado e apenas engolido, o pegajoso mochi fica grudado na garganta - e pode causar sufocamento.

Segundo a imprensa japonesa, 90% das pessoas que foram parar no hospital após engasgar com o bolinho eram pessoas de mais de 65 anos.

Qual a maneira segura de comê-los?

Mastigue, mastigue, mastigue.

Se isso não for possível, o bolinho de arroz precisa ser cortado em pequenos pedaços.

Anualmente as autoridades fazem um alerta para que a população coma o mochi cortado.

Mesmo assim, todo ano o bolinho leva pessoas à morte.

Na virada de 2014 para 2015, nove pessoas morreram. Em 2016 foi registrada uma morte, enquanto em 2017 foram duas.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Eurodeputado do PCP vai pernoitar no 'Lifeline' em ''situação dramática''
...


Paquistão. Talibãs reconhecem morte de líder
...


Líder xiita Moqtada Sadr alia-se a ex-primeiro-ministro para formar Governo no Iraque
...


Ciência resolve homicídio de adolescente ocorrido em 1986
...

 
 
 

 


 


::: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE