Rondônia, - 19:15

 

Você está no caderno - Porto Velho
EM RONDÔNIA
COMPLEXO DA EFMM CONTINUA ABANDONADO SOB A COMPLACÊNCIA DAS AUTORIDADES
Publicado Quinta-Feira, 30 de Novembro de 2017, às 16:23 | Fonte Assessoria 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=339415&codDep=27" data-text="COMPLEXO DA EFMM CONTINUA ABANDONADO SOB A COMPLACÊNCIA DAS AUTORIDADES
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Nos dias de Sol escaldante, entre uma e outra mudança de clima, sobretudo em dias de Lua Cheia, no matagal e lamaçal que se formam no entorno dos galpões e estações de manobras usadas pelas Litorinas e Locomotivas, ‘ainda são visíveis os estragos deixados pela enchente histórica de 2014.

 

Porto Velho , Rondônia – Visitar o Complexo Ferroviário nos dias atuais pode se tornar uma grande decepção, esse é o retrato diário da desolação e descompromisso atribuídos às autoridades para com o principal cartão-postal da cidade.

A afirmação partiu, nesta quarta-feira (29), de dirigentes da Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM), ainda preocupados com a postergação do processo de revitalização assumido pelo prefeito Hildon Chaves.


(Foto: Jota Gomes/Diário da Amazônia)

‘Quem vai ao Complexo pode constatar que o maquinário está em processo avançado de degradação, uma conseqüência do desgaste causado pelas intempéries. Na chuva e sob Sol escaldante, a ferrugem toma conta das locomotivas que, ‘um dia ajudaram a impulsionar a economia do município de Porto Velho’. Além da depredação das máquinas atribuídas a vândalos, roubos de peças e equipamentos do acervo por ladrões, atestam dirigentes da EFMM.

Desde o século passado, há vestígios da desgraça que se abateu sobre a Madeira Mamoré. Enquanto isso, parte das autoridades afetas às decisões tomadas pelo IPHAN, MPF, MPE e a Prefeitura ‘não tem feito o dever de casa’, afirma indignado o ferroviário de pré-nome LORD; enquanto fazia um lanche na praça da alimentação em homenagem aos ‘Pioneiros’ e ‘Expedicionários’.   

Por conta dos danos e prejuízos causados até aqui, parte das autoridades que ‘em nada ou quase nada se manifesta contrária ao seqüestro de uma locomotiva, além do roubo de peças e ferramentas das oficinas’, caso a prefeitura não ponha em prática o Plano de Revitalização do Complexo, imediatamente, arqueólogos ligados a núcleos da UNIR prevêem que, ‘logo-logo a EFMM vai virar um cemitério de destroços ferroviários’.


(Foto: Jota Gomes/Diário da Amazônia)

-Ninguém foi preso ou punido no IPHAN e na SPU, que a tudo assistiram ou acusados que são de silenciarem quanto às liberações de máquinas para escavações de rampas para o porto do Cai N’Água, justamente em áreas já tombadas pela União Federal’, ressaltaram os mais antigos dirigentes.

Nos dias de Sol escaldante, entre uma e outra mudança de clima, sobretudo em dias de Lua Cheia, no matagal e lamaçal que se formam no entorno dos galpões e estações de manobras usadas pelas Litorinas e Locomotivas, ‘ainda são visíveis os estragos deixados pela enchente histórica de 2014.

Tudo isso, somado à falta de manutenção, que só acelera o possível desaparecimento da briosa Estrada de Ferro Madeira Mamoré, cujo Plano de Revitalização e o convênio para o restauro de peças, maquinas e equipamentos foram reclamados na Justiça pela Prefeitura, ora travado na Procuradoria Geral do Município (PGM).                                                              





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Porto Velho


Deputados aprovam a obrigatoriedade do ensino da língua espanhola aos alunos do ensino médio em RO
A autoria do Projeto de Lei Ordinária foi do deputado estadual Anderson Pereira (Pros)...


Ruan Gladson é campeão da VIII Copa Kodokan de Judô
Dessa vez foi campeão da VIII Copa KODOKAN de Judô, 3° etapa do ranking estadual, sub 18, até 73 quilos, que aconteceu sábado (20) na Colégio Tiradentes da Polícia Militar, em Porto Velho....


Prefeito entrega títulos aos moradores do Assentamento Teixeirão
A creche da localidade também foi regularizada. Agora, ela poderá receber recursos provenientes de emendas parlamentares...


SINDUR emite manifesto contra a venda da Ceron
SINDUR, que representa, entre outros, os trabalhadores da CERON, diante do estágio atual do processo de privatização da referida empresa, vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE