Rondônia, - 09:47

 

Você está no caderno - Usinas do Madeira
Falha em distribuição e o blecaute em SP
Por falha em distribuição; energia gerada em Rondônia pode deixar o Sudeste às escuras
De acordo com o ONS, o Operador Nacional do Sistema Elétrico, a limitação na energia será por tempo indeterminado, pois as concessionárias terão ainda que estudar uma nova área para instalar o equipamento.
Publicado Quarta-Feira, 25 de Outubro de 2017, às 08:33 | Fonte Repórter Amazônia 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=337929&codDep=28" data-text="Por falha em distribuição; energia gerada em Rondônia pode deixar o Sudeste às escuras
  
  WhatsApp - (69) 9201-1314
 

Amazônia.org

linhas de transmissão

Em nota enviada nesta terça-feira (24), a Santo Antônio Energia afirmou que “a capacidade de geração da Hidrelétrica Santo Antônio se mantém inalterada. A restrição informada se refere ao sistema de transmissão da energia gerada pelas usinas do Madeira para a região Sudeste. Diante desta situação, cabe exclusivamente ao ONS – Operador Nacional do Sistema, fornecer as informações necessárias, bem como equalizar o despacho das geradoras em todo o país.” *

De acordo com o ONS, o Operador Nacional do Sistema Elétrico, a limitação na energia será por tempo indeterminado, pois as concessionárias terão ainda que estudar uma nova área para instalar o equipamento.

O projeto de escoamento de eletricidade de Jirau e Santo Antônio, que liga Rondônia a Araraquara, em São Paulo, conta com duas duplas de linhões. Mas a segunda dupla foi fixada numa área em que o solo é impróprio para a instalação de placas de granito.

Os linhões contam com um equipamento chamado eletrodo de terra, que é responsável por regular a corrente a ser escoada pelos outros dispositivos dentro da hidrelétrica. Essa placa de granito causou interferência no funcionamento do eletrodo, o que comprometeu a segurança na operação da dupla de linhões atingida pela falha.

Com uma única dupla de linhões funcionando, o risco é que a outra fique sobrecarregada e pare de funcionar. Por isso, a capacidade foi limitada de 6.300 para 4.700 megawatts.

O ONS diz que a medida emergencial ajudará por algumas semanas, mas o risco de blecaute é iminente, porque ate que as usinas estudem o local para a instalação e terminem as obras, os linhões em funcionamento já teriam excedido a capacidade máxima.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Usinas do Madeira


Projeto de Marcos Rogério susta reajuste na tarifa de energia elétrica
Proposta apresentada nessa segunda-feira (04/12) pelo deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) susta os efeitos da resolução da Aneel que reajusta em 8,27% ...


Usina de Santo Antônio: MPF e MP alerta sobre possível violação no regimento da Assembleia
Projeto que prevê redução de unidades de conservação estaduais está com tramitação irregular, desrespeitando o regimento da Assembleia Legislativa e as leis de proteção ambiental...


PRINCIPAIS EMPRESAS DA USINA DE JIRAU SÃO CONDENADAS PELA JUSTIÇA DO TRABALHO
Além do cumprimento imediato de 42 obrigações relativas à saúde e segurança no trabalho, sob pena de pesadas multas, as empresas Energia Sustentável do Brasil S/A e Comércio e Construções Camargo Corrêa S/A terão que pagar 5 milhões de reais a títu...


Usinas paralisadas equivalem a 11% da oferta de energia
Usinas com potência equivalente a 11% da capacidade de oferta de energia elétrica do país estão com obras paralisadas ou não iniciadas....

 
 
 

 



 


::: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE