Rondônia, - 04:03
   

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Policia filipina suspende ''guerra contra as drogas'' por ordem de Duterte
Publicado Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, às 11:08 | Fonte DN - Mundo 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=337283&codDep=24" data-text="Policia filipina suspende ''guerra contra as drogas'' por ordem de Duterte
  
  WhatsApp - (69) 9201-1314
 

 

EPA/ROLEX DELA PENA

 

 

 

 

 

 

 

A polícia nacional das Filipinas suspendeu hoje as suas operações na sequência da polémica "guerra contra as drogas" depois de o presidente do país, Rodrigo Duterte, ter colocado a campanha nas mãos da Agência Antidroga (PDEA).

"Delegamos a nossa tarefa à PDEA. Vamos procurar outras coisas para trabalhar, mas drogas por agora não", declarou o diretor da polícia nacional, Ronald Dela Rosa, numa conferência de imprensa.

De acordo com Dela Rosa, a polícia vai levar a cabo uma "limpeza interna" tendo como alvo a corrupção, depois de vários escândalos que afetaram a imagem das forças policiais na campanha.

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, atribuiu em exclusivo à agência antidroga do país (PDEA) a liderança da polémica "guerra contra a droga" e afastou a polícia da campanha, após uma onda de escândalos e protestos.

Duterte ordenou a todas as entidades do Governo que "reservem à PDEA, como única agência, a gestão das campanhas e operações contra aqueles que, direta ou indiretamente, estejam envolvidos ou relacionados com drogas ilegais", de acordo com um memorando a que agência de notícias espanhola Efe teve hoje acesso.

O memorando especifica que a liderança da PDEA "não significa uma diminuição dos poderes de investigação do Departamento Nacional de Investigação (NBI) nem da Polícia Nacional relativamente a todos os delitos" relacionados com droga.

A ordem presidencial tem lugar após uma série de escândalos em torno da sangrenta campanha em que mais de 3.900 suspeitos foram abatidos pela polícia.

Estima-se que o número total de mortes seja superior a 7.000 se somados os homicídios de supostos toxicodependentes e traficantes atribuídos a indivíduos ou patrulhas de moradores.

A morte de três jovens e outras irregularidades cometidas no âmbito da "guerra contra a droga" nos últimos meses causaram mal-estar na sociedade filipina, algo que se traduziu, no mês passado, na maior manifestação contra Duterte e numa queda do apoio popular ao Presidente -- de 78% em junho para 67% em setembro.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Brasil e Argentina vão começar a renegociar acordo automotivo em abril
...


Obama viajará a Londres para pedir permanência do Reino Unido na União Europeia, diz jornal
...


Bélgica sabia desde 2014 que irmãos Abdeslam fariam atentado, diz jornal
...


Zona euro cresce ao ritmo mais lento dos últimos 16 meses em maio
...

 

::: Informe Publicitário :::

::: EMRONDONIA.COM - 2017 ::: PORTAL DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA

© 2014 - 2017 • Ernesto & Eugenio Comunicação
jornal@emrondonia.com
jornal@emrondonia.com
(69) 9 9201-1314 (WhatsApp) - 9 9967-8787 (Oi)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Livre a reprodução, transmissão por broadcast, ou redistribuição dos conteúdos. Pede-se a citação do crédito.
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do EMRONDONIA.COM. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.
 
 

 



 


::: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE