Rondônia, - 01:21

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Atividade mineradora em Roraima é aprovada pela Assembleia Legislativa
O projeto de lei que autoriza a atividade garimpeira em Roraima...
Publicado Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2021, às 16:13 | Fonte ALE/RR 0

 
 

Eduardo Andrade

O projeto de lei que autoriza a atividade garimpeira em Roraima, de autoria do Governo do Estado, foi aprovado na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (13). A matéria recebeu 15 votos favoráveis e dois contrários, seguirá para análise governamental e deve vigorar a partir da sanção. Quem realiza a atividade extrativista de minério terá 90 dias para regularizar sua situação nos órgãos responsáveis.

O projeto regulamenta a atividade que vem sendo desenvolvida por pessoas e empresas sem licenças, nem impacto ambiental, ou seja, de maneira informal. Desta maneira, a extração de minérios poderá ser feita com uso de embarcações, equipamentos de garimpo, como escavadeiras e aparelhos específicos, e a necessidade de estudos ambientais. Para isso, será preciso emitir licenças ambientais, plano de controle ambiental, de recuperação de área degradada e o empreendedor será obrigado a proceder o reflorestamento com mudas de árvores nativas da região.

Na votação em comissão, o projeto de lei recebeu emendas, entre elas a que prevê o aumento no limite para exploração de 50 para 200 hectares, no caso das cooperativas com mais de dois mil garimpeiros.  Outra emenda prevê o uso do mercúrio em área controlada e sem despejo na natureza.

Todo processo será fiscalizado pela Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos). Os deputados Evangelista Siqueira (PT) e Lenir Rodrigues (Cidadania) foram contrários ao projeto de lei. Para eles, faltou ampliar a discussão sobre o tema e a liberação da atividade garimpeira afetará diretamente o meio ambiente.

Antes da votação, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier (SD), acompanhado dos deputados Marcelo Cabral (MDB), Renan Filho (Republicanos), Coronel Chagas (PRTB) e a deputada Yonny Pedroso (SD), do governador Antônio Denarium (sem partido) e do secretário-chefe da Casa Civil, Soldado Sampaio, participaram de uma reunião com sindicato, cooperativa e garimpeiros independentes.

O encontro foi para reforçar a importância da legalização da atividade, principalmente para o desenvolvimento da economia e preservação do meio ambiente. “Temos o interesse em fortalecer, de maneira estrutural e eficaz, o reconhecimento do trabalho que os garimpeiros fazem em Roraima”, ressaltou Jalser Renier.

De acordo com o governador, as regiões destinadas para extração mineral excluem comunidades indígenas e áreas de conservação e proteção ambiental. “Hoje todo o ouro produzido no estado de Roraima sai clandestino e com a mineração regularizada a comercialização deste minério poderá ser feita aqui com emissão de notas fiscais”, complementou Antônio Denarium.

O pedido, frisou o presidente da Associação dos Garimpeiros Independentes de Roraima (Agirr) é pelo reconhecimento da atividade e a contribuição histórica para Roraima. “Para que nós possamos trabalhar dentro da legalidade porque estamos cansados de sermos chamados de bandidos”.







Veja também em POLÍTICA


Márcia Socorristas Animais assume presidência da Comissão Permanente de Meio Ambiente e Proteção aos Animais
''Defender nossos animais também será pauta de meu......


Hospital Metropolitano disponibiliza mais 10 leitos de UTI Covid-19
Unidade hospitalar passará a contar com o total de 80 leitos de UTI e 178 leitos de enfermaria para o atendimento de pacientes com coronavírus ...


Serafim repudia manobra para autonomia do Banco Central durante a pandemia
O deputado estadual Serafim Corrêa......


Deputado Gehlen Diniz assegura convocação de cadastro reserva da PM
O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre......

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News