Rondônia, - 14:31

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Novos Macs com chip M1 custam entre R$ 8.699 e R$ 19.799 no Brasil
Já estão disponíveis na loja brasileira da Apple os primeiros dos novos Macs com processador M1...
Publicado Domingo, 13 de Dezembro de 2020, às 11:32 | Fonte Olhar Digital 0

 
 

 

Já estão disponíveis na loja brasileira da Apple os primeiros dos novos Macs com processador M1, os primeiros com a arquitetura ARM, substituindo os processadores da Intel, com tecnologia x86. Os modelos MacBook Pro, MacBook Air e Mac Mini variam entre R$ 8.699 e R$ 19.799 na loja online da Apple e podem ser divididos em até 12 vezes.

O M1 é um system-on-chip, reunindo vários componentes que normalmente seriam espalhados pela placa-mãe. A peça inclui a CPU, a placa gráfica, memória e o Neural Engine, dedicado a inteligência artificial. Tudo isso utilizando um processo de 5 nanômetros, que proporciona mais desempenho e economia de energia.

Entre os novos Macs, um dos destaques é o MacBook Pro com processador M1 só está disponível na versão com tela de 13 polegadas, em duas opções: 256 GB (R$ 17.299) e 512 GB (R$ 19.799). O notebook também é ofertado com processador Intel, mas o patamar de preços sobe consideravelmente, com modelos a partir de R$ 23.899 até R$ 35.299.

O MacBook Air de 13 polegadas pode vir em duas configurações, com chip M1 de oito núcleos,  GPU de sete núcleos e armazenamento de 256 GB (R$ 12.999) ou GPU de oito núcleos e 512 GB de armazenamento (R$ 16.099). Já no Mac Mini, a configuração é a mesma – processador M1 de oito núcleos e GPU de oito núcleos – e só muda a capacidade de armazenamento: 256 GB (R$ 8.699) e 512 GB (R$ 11.199). A opção com chip Intel Core i5 custa R$ 13.699.

 

MacBook Air e seu novo Magic Keyboard, com mecanismo scissor redesenhado para oferecer uma distância de ativação de 1 mm e aumentar o conforto e a estabilidade ao digitar. Imagem: Apple/Divulgação

Desempenho dos novos Macs impressiona

O M1 é apenas o primeiro chip com a tecnologia Apple Silicon, e a empresa promete outros modelos que devem ser aplicados a diferentes produtos. O componente conta com 8 núcleos de processamento, sendo quatro deles, descritos pela Apple como os núcleos de CPU mais rápidos do mundo, dedicados a tarefas que exigem alto desempenho e quatro mais econômicos, que são usados para ações menos exigentes, evitando desperdício de bateria.

Testes de desempenho dos novos processadores mostraram que o novo MacBook Air (chamado pela Apple de MacBook Air 10,1) single core, que rodando a 3,2 GHz é 35% mais potente do que um iMac “Mid 2020″ equipado com um processador Intel Core i7 de 10ª geração com 8 núcleos rodando a 3,8 GHz.

Nos testes Multi Core o Intel Core i7 do iMac ainda leva vantagem, mas a diferença é de apenas 7% contra MacBook Air. Em termos de desempenho gráfico, o novo chip se mostrou superior às placas concorrentes. No teste Manhattan 3.1.1 rodando a 1440p, a AMD Radeon RX 560 conseguiu 101,4 quadros por segundo, a Nvidia GeForce 1050 Ti chegou a 127,4 quadros por segundo e o M1 atingiu 130,9 quadros por segundo.

 







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Detran Rondônia investe na aquisição de tabletes para tornar mais eficiente atendimento ao cidadão
O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), investe em tecnologia com a aquisição de 152 tabletes que serão utilizados no atendimento ao usuário......


Governo de Rondônia investe na qualidade do ensino ofertado pela Mediação Tecnológica
Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), investe no planejamento aplicado à melhoria dos índices da Educação Tecnológica......


Tecnologia aplicada na cacauicultura acelera mudanças no setor em Rondônia
O projeto, Cacau Sustentável de Rondônia, é uma parceria do Governo de Rondônia, por meio da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO), com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae...


Novo software de pesquisa de atas criado pela Supel facilita as contratações públicas em Rondônia
Com intuito de otimizar as contratações públicas, o Governo do Estado de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Licitações (Supel) desenvolveu o Sistema de Registro de Preços (SIRP Fácil)......

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News