Rondônia, - 19:48

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
O trabalho invisível e minucioso dos taquígrafos da Casa
Imagine o desafio de reproduzir ''ipsis litteris'' o discurso de 41 deputados durante as sessões...
Publicado Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020, às 15:06 | Fonte ALE/PA 0

 
 

Baltazar Costa (AID/Alepa)

Imagine o desafio de reproduzir "ipsis litteris" o discurso de 41 deputados durante as sessões. Sendo que muitos deles falam muito rápido e isso se torna humanamente impossível. Essa é a missão dos 12 taquígrafos que compõe o departamento de taquigrafia da Assembleia Legislativa do Estado do Pará.

"Taquigrafia (do grego tachys = rápido e grafia = escrita) ou estenografia (do grego: στενός, stenos, "estreito", e γράφειν, graphein: "escrever", "gravar")[1] é um termo geral que define todo método abreviado ou simbólico de escrita, com o objetivo de melhorar a velocidade da escrita ou a brevidade, em comparação com um método padrão de escrita" (fonte: Wikipédia).
 

Há muitos métodos taquigráficos diferentes no mundo inteiro e muitos foram adaptados para a língua portuguesa. Um dos mais comuns é "Marti", o usado por Trícia Gonçalves, há 13 anos como taquígrafa da Alepa. Com duas formações (Secretariado Executivo e Direito) foi com a Taquigrafia que ela se encontrou. Diferente da maioria dos taquígrafos da Casa, que fez o curso na própria Assembleia Legislativa, Trícia aprendeu a arte do manuscrito em casa, com a mãe, taquígrafa aposentada do Tribunal de Justiça.

É com muito orgulho que ela fala da profissão. "É um ofício diferenciado, que exige muita dedicação. É como se você estivesse aprendendo a escrever novamente, com uma linguagem específica. Tenho duas profissões, mas foi aqui que encontrei a realização profissional, ajudando a escrever a história da Alepa", destaca Trícia.

Assim que termina a Sessão Ordinária, a qual é acompanhada por cerca de 11 profissionais da taquigrafia, a equipe sobe com os manuscritos e os decodifica para a linguagem escrita. O texto segue para a documentação e posterior revisão para, então, ganhar fé pública e ficar nos anais da Casa.







Veja também em POLÍTICA


Comarca de Juscimeira está sem energia
A comarca de Juscimeira está sem energia elétrica nesta quinta-feira......


Segurança jurídica monopoliza debates na abertura do III Encontro do Sistema de Justiça Criminal
A segurança jurídica como instrumento para tornar a justiça criminal mais efetiva e ágil monopolizou os debates na abertura do III Encontro do Sistema de Justiça Criminal de Mato Grosso......


Tribunal Pleno define desembargadores eleitos para o Órgão Especial
Em sessão extraordinária administrativa realizada hoje (26 de novembro)......


Patrulha Maria da Penha é tema de webinário
Evento tratou de atendimento, acompanhamento policial e aplicativo ...

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News