Rondônia, - 20:38

 

Você está no caderno - Notícias da Justiça e do Direito
Judiciário
TJRO capacita conciliadores em parceria com Sebrae e Procon
O estímulo à conciliação é meta do Judiciário brasileiro em todas as esferas, com diferentes percentuais para a Justiça Federal...
Publicado Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020, às 18:16 | Fonte TJ/RO 0

 
 

Divulgação

A iniciativa pretende ampliar a resolução de conflitos para o âmbito da sociedade

O estímulo à conciliação é meta do Judiciário brasileiro em todas as esferas, com diferentes percentuais para a Justiça Federal, do Trabalho e estadual. Como o Tribunal de Justiça de Rondônia se encaixa no último caso, tem o dever de aumentar em 2% o índice de resolução adequada de conflitos em relação ao ano anterior, um desafio que deve ser encarado com várias estratégias, dentre elas a formação de conciliadores.
Diante disso, o Nupemec - Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Conflitos buscou parcerias no sentido de envolver a sociedade nesta tarefa, que deve ser abraçada por todos. “A resolução consensual de conflitos é uma saída que só traz benefícios, pois evita o processo, abrevia o tempo de desgaste entre as partes e promove a paz social”, defendeu o juiz Johnny Gustavo Clemes, coordenador dos Cejuscs- Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania.
A capacitação de pessoas ligadas a instituições como o Sebrae e Procon busca justamente preparar conciliadores para atuarem em áreas específicas, de grande incidência de conflitos ligados a problemas de fácil resolução como os relacionados a pequenas empresas e profissionais autônomos com dificuldades de cumprirem seus compromissos ou, ainda, conflitos ligados aos direitos do consumidor.


“Esses conciliadores, já capacitados, atuarão nas próprias instituições, ajudando na realização de acordos antes mesmo de chegarem ao Judiciário, sendo que poderão, posteriormente, serem homologados pelo TJRO”, explicou o magistrado. A ideia, segundo ele, é expandir ainda mais para outros ambientes da sociedade como escolas e faculdades, por exemplo.

 

A capacitação já está acontecendo em ambiente virtual (por meio da Emeron- Escola da Magistratura do Estado de Rondônia). O curso segue os moldes determinado pelo CNJ, com carga horária total de 100 horas, sendo 40 horas de módulo teórico e 60 horas de estágio supervisionado, oportunidade em que os alunos atuarão ao lado dos conciliadores do Cejusc do TJRO, visando aperfeiçoar os ensinamentos do módulo teórico.







Veja também em Notícias da Justiça e do Direito


Spazio Engenharia e Construção - Requerimento de Autorização Ambiental Simplificada
A, SPAZIO ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO de CNPJ n° 31.973.053/0001-12 torna público que requereu a Secretaria Municipal de Meio Ambiente...


Requerimento de Autorização Ambiental Simplificada
Publicações Legais...


ALE/RO DIOF 31/07/2018 - Número 127
...


TJ/RO DIOF - 01/08/2018 - Número 141
...

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News