Rondônia, - 13:43

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
queimadas em rondônia
O perigo das queimadas que podem afetar redes e fornecimento de energia
Em Rondônia, focos de queimadas aumentaram 36% nos primeiros cinco meses do ano e tendem a aumentar agora no período das secas..
Publicado Domingo, 19 de Julho de 2020, às 09:06 | Fonte Assessoria de Comunicação 0

 
 

Em Rondônia, focos de queimadas aumentaram 36% nos primeiros cinco meses do ano e tendem a aumentar agora no período das secas

Os focos de queimadas que cresceram 36% entre janeiro e maio desse ano na comparação com o mesmo período de 2019 de acordo com o Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), se tornam ainda mais comuns agora, no período de seca. O que muita gente esquece é que, além dos prejuízos às comunidades e de colocarem vidas em perigo, elas podem afetar também o fornecimento de energia elétrica.

 

“As queimadas próximas à rede elétrica podem provocar o desligamento de energia. Mesmo sem atingir a rede, elas podem colocar em risco a distribuição de energia, já que não é necessário que as chamas encostem nos cabos para provocar curtos-circuitos nas linhas de energia, pois o calor das queimadas pode provocar ocorrências como o rompimentos de cabos e danos aos equipamentos, prejudicando o fornecimento”, explica o gerente de Operações da Energisa Rondônia, Carlos Alexandre de Oliveira.

 

Além de causar danos ao meio ambiente, colocar a natureza, plantas e animais em perigo, a ocorrência de queimadas provoca danos à saúde, principalmente em períodos mais secos como este. Quem sofre com doenças respiratórias, tem sua saúde abalada.  “Seja no campo ou na cidade, as pessoas devem redobrar a atenção. Orientamos o produtor rural a se informar com os órgãos responsáveis, como a Secretaria de Meio Ambiente ou Sindicato Rural de sua cidade, onde poderá obter orientações sobre técnicas que substituam a necessidade de uma queimada”, instrui Oliveira.







Veja também em Agronegocios / Pecuária


Queijo do Marajó terá Indicação Geográfica
A iniciativa valoriza a atividade tradicional existente há mais de 250 anos......


Soja em Rondônia pode render até 420 mil hectares em 2021
A cultura no Estado está presente em 348,4 mil hectares e, em 2019, atingiu uma produção de 1.233,7 toneladas....


Sebrae ajuda colocar o Tambaqui na 3ª colocação na lista de exportação nesse primeiro semestre
Com projeto de atendimento apoiando a cadeia produtiva, produtores conseguiram grandes resultados...


Psicultura em Rondônia deve gerar mais 5 mil empregos nos próximos anos
Rondônia está atendendo atualmente uma média mensal de 85 empresas, que manifestam interesse em se instalar no Estado.....

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News