Rondônia, - 14:15

 

Você está no caderno - Rondônia
SEGURANÇA
Polícia Civil de Rondônia alerta sobre golpe do motoboy e orienta população como não cair na fraude
Para alertar a população rondoniense sobre fraudes e golpes durante a pandemia, o delegado Swami Otto, chefe do Núcleo de Combate às Defraudações
Publicado Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, às 09:28 | Fonte Ascom RO 0

 
 

Jeferson Mota

A senha do cartão não deve ser informada a terceiros

Para alertar a população rondoniense sobre fraudes e golpes durante a pandemia, o delegado Swami Otto, chefe do Núcleo de Combate às Defraudações, revela que um dos crimes mais atuais no país neste período tem sido o golpe do falso motoboy. “Alguns bancos já começaram a reclamar sobre isso e a própria Federação Brasileira de Bancos (Febraban) também já emitiu alguns alertas”, conta.

Segundo o delegado, os criminosos buscam as informações através de engenharia social ou outras formas de obterem esses dados, identificando o potencial vítima.

 

“Muitas vezes as vítimas são idosos, que têm a tendência a terem um grau de confiança maior nas pessoas”, declara.

 

O contato é feito por telefone, antes da ação direta. “Eles ligam e dizem para a vítima que o cartão pode ter sido clonado e que precisa ser feita a substituição desse cartão. Convencem a pessoa, principalmente as que são do grupo de risco como os idosos, de que para facilitar, e a pessoa não ter que se deslocar, vão enviar um motoboy representante do banco para buscar o cartão”.

Swami diz que, ao chegar na residência da vítima, o criminoso solicita senha e outras informações, e recomenda que o cartão seja cortado ao meio. “O problema é que no momento em que ele corta o cartão, ele não corta o chip, e isso pode ser aproveitado. Neste caso, ele tem posse dos dados da vítima, a senha e o chip do cartão. Com isso ele consegue fazer movimentações financeiras e o que quiser usando os dados do cartão”.

RECOMENDAÇÕES

O delegado orienta que é necessário desconfiar de contatos que não sejam realizados por um canal oficial do banco. “O ideal é que toda pessoa conheça o seu gerente e tenha o telefone para que em qualquer situação semelhante, possa tirar a dúvida diretamente com esse representante da instituição financeira. O banco só faz contato com os clientes por telefones oficiais, na maioria das vezes, números de telefones fixos, de uma central telefônica”.

Um detalhe que Swami destaca como importante é que, durante um contato com algum representante do banco, a senha nunca será solicitada a ser dita, apenas digitada. “Por exemplo, quando você recebe um e-mail de um domínio diferente deve ficar atento. A sua senha nunca deve ser fornecida. Não acesse ou clique em algum link enviado por e-mail, mensagem de SMS ou WhatsApp. O banco jamais vai mandar um motoboy até você”.

Caso haja suspeita de clonagem do cartão, o delegado explica ainda que a pessoa deve, ela mesma, fazer a inutilização do cartão, sempre quebrando o chip. “É muito importante esse alerta e orientação à população, para que as pessoas não caiam nesse tipo de golpe”, conclui.







Veja também em Rondônia


Deputado Anderson repudia desconto de auxílio-transporte no salário de todos os servidores de Rondônia
Parlamentares encaminharam Projeto de Lei de autoria coletiva para evitar que a situação torne a se repetir......


Banco de Leite Santa Ágata reforça a importância do aleitamento materno
Aquela sensação de amor, de aconchegar o bebê nos braços e amamentar....


Alex Silva visita obras na Escola Carlos Drummond de Andrade em Candeias do Jamari
Ampliação de salas de aula foi conseguida através de emenda destinada pelo parlamentar ...


Segurança de dados é tema de próxima palestra on-line em Rondônia
A Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) monitora é mantém 26 servidores de arquivos......

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News