Rondônia, - 21:38

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
CORONAVÍRUS
Sérgio Trindade, especialista brasileiro em mudanças climáticas e ganhador do Nobel da Paz com o IPCC, morre em decorrência do coronavírus
Foi confirmado o falecimento por amigos e familiares, no último dia 18 de março, do engenheiro químico brasileiro Sérgio Campos Trindade, de 79 anos.
Publicado Terça-Feira, 24 de Março de 2020, às 14:36 | Fonte Amazônia.org 0

 
 

Foi confirmado o falecimento por amigos e familiares, no último dia 18 de março, do engenheiro químico brasileiro Sérgio Campos Trindade, de 79 anos. Ele morava há muitos anos em Nova York e tinha feito uma viagem internacional recentemente para o México.

Segundo informações da Agência Fapesp de Notícias, Trindade teve complicações associadas ao coronavírus, o COVID-19, com insuficiência respiratória aguda.

Membro do Comitê Científico para Problemas do Ambiente (Scope, na sigla em inglês) – agência intergovernamental associada à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o brasileiro era formado na Universidade Federal do Rio de Janeiro e fez PhD no renomado Massachusetts Institute of Technology. Foi secretário geral Adjunto de Ciência e Tecnologia das Nações Unidas.

Com diversos artigos científicos publicados, o mais recente deles, em novembro do ano passado, sobre a importância dos biocombustíveis para a sustentabilidade global, Trindade era um especialista e defensor das energias renováveis como forma para reduzir a emissão de gases de efeito estufa.

“A bioenergia é fundamental para combater as mudanças climáticas, uma ameaça devastadora à vida na Terra como a conhecemos. O forte apelo político de medidas para combater as mudanças climáticas oferece uma oportunidade única para a realização do potencial da bioenergia sustentável na América Latina, Caribe e África através da produção, consumo e livre comércio internacional”, escreveu no texto, da Journal Biofuels.

Em 2007, Sérgio Trindade recebeu o Prêmio Nobel da Paz, ao lado de outros integrantes do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) e do ex-presidente dos Estados Unidos, Al Gore. Eles foram escolhidos por chamar a atenção da opinião pública mundial sobre os efeitos do aquecimento global.

O engenheiro era ainda presidente da SE2T International, consultoria internacional sobre energia, meio ambiente e crise climática.

Nova York é o estado americano que registra o maior número de casos de coronavírus no país: já passam de 15 mil. Pessoas acima de 60 anos são as mais vulneráveis ao vírus.







Veja também em Notícias da Amazônia


Pará mantém calendário letivo nas escolas da rede estadual
Sespa e Seduc decidem prosseguir as aulas, reforçando na comunidade escolar os cuidados para prevenir a doença...


Grupo de Trabalho Covid-19, do MPAM, emite recomendação para conter avanço do coronavírus nas escolas públicas e privadas do Amazonas
O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio do Grupo de Trabalho Covid-19 (GT Covid-19), emitiu uma recomendação ao secretário de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), Vicente Nogueira, e ao presidente do Conselho Estadual de Educ...


Estado reforça orientações preventivas ao COVID-19 com líderes religiosos
Encontro contou com a presença do prefeito Clécio Luís e do senador Randolfe Rodrigues, para diálogo sobre as medidas restritivas adotadas no Amapá....


Unidades de Atenção Psicossocial reduzem fluxo de atendimentos para reforçar a prevenção contra o COVID-19
Visando a prevenção de pacientes e funcionários em meio a pandemia do novo coronavírus, o DPSM (Departamento de Políticas de Saúde Mental) da Sesau (Secretaria de Saúde) suspenderá as atividades em grupo e as consultas individuais não emergenciais ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News