Rondônia, - 21:22

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Prevenção
Mangueirão já recebe pessoas em situação de rua para prevenção ao novo coronavírus
Governador Helder Barbalho esteve no estádio, garantindo a um segmento social vulnerável o benefício das medidas de contenção ao avanço da Covid-19 no Pará
Publicado Terça-Feira, 24 de Março de 2020, às 09:26 | Fonte Agência Pará 0

 
 

O governador do Pará, Helder Barbalho, visitou na manhã deste domingo (22) as instalações do Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, que já está recebendo pessoas em situação de rua da Região Metropolitana de Belém. A ação, coordenada pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) e Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), é uma das medidas anunciadas pelo governador no último sábado (21) para prevenir novos contágios pelo novo Coronavírus no Pará. O objetivo é adotar a mesma estratégia, em espaços semelhantes, em municípios-polos do interior, nos próximos dias. Na tarde de hoje, Helder Barbalho anunciou que a mesma providência já está confirmada nos municípios de Marabá e Santarém. 

"Nós escolhemos o Mangueirão pela sua amplitude, que permite que tenhamos a utilização dos espaços existentes no estádio, bem como , áreas de circulação, para que não haja concentração em áreas fechadas. Quero agradecer a todos os servidores do Estado e voluntários que estão nos ajudando neste momento. E, não menos importante, agradeço ao povo do Pará, que atendeu ao nosso apelo e já está doando colchões, travesseiros e materiais de higiene", destacou Helder Barbalho.

Acompanhado pelo titular da Seaster, Inocêncio Gasparin, e da primeira-dama, Daniela Barbalho, o governador Helder Barbalho percorreu as instalações do Estádio Olímpico do Pará e verificou a adequação dos locais que receberão as pessoas em situação de rua, que começaram a chegar ao local ainda neste domingo. No espaço, o governo do Estado montou uma grande estrutura para receber até mil moradores, que terão assistência médica, ambulatorial e odontológica nas próximas semanas. Cadastro - "Todos os moradores que chegarem aqui serão cadastrados, mas previamente já temos um cadastro de quantas pessoas estão morando nas ruas em Belém, e vamos usar esses dados para fazer isso. Nós já sabemos onde essas pessoas estão e se alimentam. Importante ressaltar que nós pretendemos alcançar o Estado todo nesta ação, mas vamos começar por Belém. Os secretários regionais de Santarém e Marabá já foram contatados, e vamos ver como desenvolvemos isso da melhor forma possível", disse pela manhã Inocêncio Gasparin. 

Desde as primeiras horas deste domingo, a Seaster começou a receber as doações de moradores de Belém, a maioria roupas, calçados, lençóis e materiais de higiene pessoal. As doações podem ser feitas todos os dias, das 8 as 18 h, no portão B2 do Mangueirão, ou na sede da Seaster.

A rede de lojas Magazine Luiza doou mil colchões e mil travesseiros, enquanto a rede + Barato ofereceu mil cestas básicas, e também vai disponibilizar espaço em duas lojas para receber doações. "Nossa presidente já faz essas ações em outros Estados, e estamos muito contentes em pode auxiliar o governo do Estado neste momento preocupante", disse Adriano Almeida, gerente do centro de distribuição do Magazine Luiza. "Todos nós, do grupo, montamos uma força-tarefa e vimos de que forma poderíamos ajudar. Decidimos por doar as cestas básicas e também abrir nossas lojas, para que as pessoas possam doar e depois trazermos para cá (Mangueirão)", completou Igor Souza, diretor de Marketing da rede + Barato. 

Vacinas - Também na tarde deste domingo (22), o governador Helder Barbalho esteve na Central Estadual de Imunobiológicos da Sespa, onde estão as 140 mil doses de vacina que o Estado recebeu do Ministério da Saúde para a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra o Influenza (vírus causador de gripe), que começa nesta segunda-feira (23), inicialmente priorizando idosos acima de 60 anos e profissionais de saúde.

Serão distribuídas 140 mil doses em Unidades Básicas de Saúde e 32 novos postos, instalados em farmácias, supermercados e estacionamentos de shoppings. Os locais já foram divulgados pelo governo do Estado. A vacina é totalmente gratuita e necessária para evitar o agravamento de doenças respiratórias provocadas pelo Influenza.







Veja também em Notícias da Amazônia


Amapá quer autonomia para realizar testes do Covid-19 e diminuir tempo de diagnóstico
Estado quer habilitar o Lacen para emitir resultados e ativar cooperação com o Instituto Pasteur, da Guiana Francesa....


Santa Casa reforça fluxo de atendimento para eventuais casos de Covid-19
Maternidade segue de portas abertas para receber grávidas com ou sem sintomas do novo coronavírus...


Hemopa recebe mais de 60 bolsas de sangue da torcida bicolor
Doações podem atender mais de 250 pacientes que precisam de sangue no Pará...


CENSO ESCOLAR | Prazo da segunda etapa do Censo Escolar encerra dia 20 de março
Gestores e secretários escolares devem ficar atentos. Encerra na próxima sexta-feira, 20, o prazo da segunda etapa de coleta dos dados do Censo Escolar 2019....

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News