Rondônia, - 21:22

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
autorização
Governador Wilson Lima autoriza pesquisa do uso da cloroquina contra o novo Coronavírus, em pacientes do AM
O governador Wilson Lima anunciou, nesta segunda-feira (23/03), que autorizou a pesquisa do uso da cloroquina para combater o novo Coronavírus, em pacientes do Amazonas.
Publicado Terça-Feira, 24 de Março de 2020, às 09:25 | Fonte Ascom Amazonas 0

 
 

O governador Wilson Lima anunciou, nesta segunda-feira (23/03), que autorizou a pesquisa do uso da cloroquina para combater o novo Coronavírus, em pacientes do Amazonas. A pesquisa teve o aval da Comissão Nacional de Ética em Pesquisas, do Conselho Nacional de Saúde, e será comandada por profissionais da Secretaria Estadual de Saúde (Susam), das Fundações de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), de Vigilância em Saúde (FVS-AM) e da Fiocruz.

“Esses trabalhos de pesquisa estão sendo feitos lá no Hospital Delphina Aziz e começam amanhã. Serão pesquisas e testes feitos em pacientes. Nós tivemos, inclusive, a autorização para que essa pesquisa começasse”, afirmou Wilson Lima, ao destacar o protagonismo do Estado na iniciativa que contribui para o combate ao avanço da pandemia do Covid-19.

“Essa é uma pesquisa que avalia a eficácia da cloroquina em associação com outros medicamentos, no combate ao Coronavírus em pacientes. Tudo dentro das normas da pesquisa, e que pode ser feita em seres humanos, portanto é a ciência colaborando no combate ao novo Coronavírus, começando pelo Amazonas”, destacou o secretário da Susam, Rodrigo Tobias.

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary da Costa Pinto, disse que a pesquisa será feita em pacientes graves do Covid-19 e destacou que a cloroquina, que já existe há décadas para combater outras doenças, já está com restrição de vendas nas farmácias.

“É um medicamento muito antigo, desde meados do século passado ele é usado extensivamente no tratamento da malária e, a partir desse século, passou a ser usada em artrite reumatoide, lúpus e outras doenças autoimunes”, disse ao acrescentar que pesquisas feitas por chineses, franceses e americanos têm demostrado sua efetividade, em associação com outro medicamento, no tratamento de paciente graves com o novo Coronavírus.

“É importante ressaltar que esses pacientes são paciente graves. Isso quer dizer que não adianta uma corrida às farmácias até porque a Anvisa já declarou que esse agora é um medicamento controlado. Portanto, só será vendido com receituário especial e para atender essas situações que já são prescritas. Tratamento de malária, tratamento das autoimunes”, reforçou.

De acordo com Rosemary Pinto, as pesquisas vai indicar qual a aplicação desse medicamento no ambiente tropical, pois até o momento as pesquisas estão sendo feitas no hemisfério norte.

 

 







Veja também em Notícias da Amazônia


Amapá quer autonomia para realizar testes do Covid-19 e diminuir tempo de diagnóstico
Estado quer habilitar o Lacen para emitir resultados e ativar cooperação com o Instituto Pasteur, da Guiana Francesa....


Santa Casa reforça fluxo de atendimento para eventuais casos de Covid-19
Maternidade segue de portas abertas para receber grávidas com ou sem sintomas do novo coronavírus...


Hemopa recebe mais de 60 bolsas de sangue da torcida bicolor
Doações podem atender mais de 250 pacientes que precisam de sangue no Pará...


CENSO ESCOLAR | Prazo da segunda etapa do Censo Escolar encerra dia 20 de março
Gestores e secretários escolares devem ficar atentos. Encerra na próxima sexta-feira, 20, o prazo da segunda etapa de coleta dos dados do Censo Escolar 2019....

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News