Rondônia, - 05:51

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
vacina contra a Covid-19
Cientistas brasileiros trabalham em vacina contra a Covid-19
Pesquisa é realizada por equipe do Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP)
Publicado Segunda-Feira, 16 de Março de 2020, às 08:47 | Fonte Olhar Digital 0

 
 

Pesquisadores do Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP) estão trabalhando em uma vacina contra o coronavírus. A equipe adota uma estratégia diferente das indústrias farmacêuticas de outros países e espera chegar a uma candidata nos próximos meses. Os testes serão realizados inicialmente em animais, para só depois acontecerem em humanos. “Acreditamos que a estratégia que estamos empregando para participar desse esforço mundial para desenvolver uma candidata a vacina contra a Covid-19 é muito promissora e poderá produzir uma resposta imunológica melhor do que a de outras propostas que têm surgido, baseadas fundamentalmente em vacinas de mRNA”, afirmou Jorge Kalil, coordenador do projeto. A plataforma tecnológica de mRNA é baseada na vacina de moléculas sintéticas de RNA mensageiro, que contêm instruções para a produção de alguma proteína reconhecível pelo sistema imunológico. Esse sistema é o mesmo utilizado nas tentativas americanas de produzir a vacina. Os pesquisadores brasileiros, por outro lado, estão utilizando uma estratégia fundamentada no uso de partículas semelhantes ao vírus, os VLPs. “Em geral, as vacinas tradicionais, baseadas em vírus atenuados ou inativos, como o da influenza, têm demonstrado excelente imunogenicidade, e o conhecimento das características delas serve de parâmetro para o desenvolvimento bem-sucedido de novas plataformas vacinais”, disse Gustavo Cabral, responsável pelo projeto. Porém, o pesquisador destaca que, pelo fato de o vírus ainda ser pouco conhecido, é perigoso inserir seu material genético em pessoas, o que poderia causar efeitos indesejados. “Por isso, as formas alternativas para o desenvolvimento da vacina anti-Covid-19 devem priorizar, além da eficiência, a segurança”, destacou.

Diversos países estão trabalhando na tentativa de criar uma vacina para o vírus que se tornou uma pandemia na última semana. Porém, mesmo que alguma investida seja bem-sucedida, a vacina dificilmente ficaria pronta em menos de um ano para a prevenção da doença. 







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Ações de Apple e Tesla avançam antes de sessão após desdobramentos
As ações da Apple e da Tesla avançavam nesta segunda-feira, antes de seu primeiro pregão após um desdobramento que torna mais fácil para investidores de varejo investirem nas empresas... ...


Google quer usar smartphones Android de todo mundo para criar alerta de terremoto
O Google está construindo uma espécie de minissismômetros móveis que serão capazes de alertar sobre um terremoto rapidamente...


Cientistas encontram a sósia da Via-Láctea mais distante de nós
Galáxia SPT0418-47 está a 12 bilhões de anos-luz daqui, e se formou quando o universo tinha apenas 10% de sua idade atual ...


Fã da Apple cria imagens conceito de como poderia ser a tela inicial para o iPadOS 15
No começo do mês de julho a Apple finalmente começou a liberar as versões beta públicas do iPadOS 14, além do macOS Big Sur, watchOS 7 e tvOS 14. ...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News