Rondônia, - 06:57

 

Você está no caderno - Rondônia
Ji-Paraná
Entidades de Ji-Paraná recebem recursos do fundo da criança
A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA),..
Publicado Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019, às 09:17 | Fonte Prefeitura de Ji-Paraná 0

 
 

Divulgação/ Internet

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), realizou na manhã de hoje (27), o repasse financeiro para as entidades assistenciais cadastradas junto ao Fundo Municipal das Crianças e Adolescentes (Funcriança). Foram beneficiadas sete entidades ji-paranaenses com o valor total de R$ 131 mil. O repasse atende aos requisitos do Edital de Chamamento Público número 02/2019 publicado pela Prefeitura no início deste ano.

O Fundo ainda tem disponível para ser destinado às entidades o valor de R$ 216 mil, oriundos de doações dos contribuintes do imposto de renda, ano base de 2018, e que transferiram suas deduções para a conta do Fundo.  

Todos os anos, a Campanha Declare seu Amor sensibiliza os declarantes de Imposto de Renda, pessoa física e jurídica, a fazerem suas deduções em prol do fundo de Ji-Paraná. A campanha de sensibilização foi idealizada pela juíza da Vara da Infância e Juventude, Ana Valéria de Queiroz Ziparro, que pediu uma atuação mais ampla para o próximo ano com o envolvimento especialmente das entidades e contadores da cidade.

A Juíza, lembrou ainda que os contribuintes podem fazer a doação de uma maneira muito simples. “Basta fazer a doação durante todo o ano de expediente bancário. O contribuinte pode destinar até 6% do valor do imposto de renda devido ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente. “Esta é uma ação que ajuda muitas crianças. São centenas de crianças que  são atendidas aqui em Ji-Paraná”, disse a juíza e idealizadora do Declare seu Amor.

Já a secretária de Assistência Social, Sônia Reigota, disse que é importante “Continuamos pedindo a população que destine parte do valor do imposto às entidades. Pela quantidade de habitantes de Ji-Paraná, temos capacidade de receber muito mais. Nossas entidades estão se organizando cada vez mais. Vale a pena fazer essas doações”, ressaltou Sônia.

A presidente do CMDCA, Angelita Barbosa, agradeceu a todas as instituições contempladas e afirmou que elas fazem uma grande diferença na vida de cada criança e adolescente que é atendido com esses recursos.

O prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto, ressaltou que o trabalho destas entidades é muito sério. “A sociedade precisa entender que vale a pena fazer as doações para o Fundo. O valor é destinado para que elas possam manter os projetos que atendem quase 2500 crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social. Só recebe a doação, entidades que tiver capacidade técnica e operacional para desenvolver o que estabeleceu no projeto apresentado”, explicou. Marcito lançou um desafio junto ao CMDCA para dobrar o número de entidades para o próximo ano, e colocou uma equipe técnica da prefeitura à disposição das entidades interessadas.

As entidades beneficiadas foram: Continho do Céu (Valor de R$ 17.500,00), Fundação Jicred (Valor de R$ 16.997,86), APAE de Ji-Paraná (Valor de R$ 20.000,00), Amigos da Orquestra (Valor de R$ 19.980,28), Divina Providência (Valor de R$ 16.946,16),  Casa de Nazaré (Valor de R$ 19.997.57) e Associação Abadá Capoeira  (Valor de R$ 20.000,00).

Participaram da solenidade os vereadores Joquim Teixeira, Joziel Brito, Nim Barroso, Dú Galdino, Jessé Mendonça, Isaias Arnica, Obadias Ferreira, Lorenil Gomes.







Veja também em Rondônia


Heideman realiza pesquisa de opinião pública em Monte Negro
Monte Negro recebe empresa de pesquisa e publicidade Heideman destacando os melhores do ano 2019 ...


Ismael Crispin visita prefeito de Rolim de Moura
Atividade do parlamentar não param mesmo no recesso ...


Governo de Rondônia oferece mil vagas em mutirão de Catarata na região do Café e Vale do Guaporé
O governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), inicia em fevereiro, em Cacoal, a segunda etapa do......


Projetos de deputados estaduais que protegem consumidores de energia foram transformados em Leis em 2019
Por iniciativa dos parlamentares hoje há proteção contra corte, troca de medidores e tarifa mínima ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News