Rondônia, - 09:42

 

Você está no caderno - Artigos
Artigos
As indefinições com a mobilidade urbana + Baita peleja de Marcito Pinto + Rodoviária: jogo de empurra entre a prefeitura e governo
A guerra de mútuo extermínio entre líderes radicais e a troca de ofensas entre boquirrotos não costumam acabar bem
Publicado Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019, às 19:25 | Fonte Carlos Sperança 0

 
 

Divulgação/ Internet

Verdade e diálogo
A guerra de mútuo extermínio entre líderes radicais e a troca de ofensas entre boquirrotos não costumam acabar bem. A “polarização” incentiva fanáticos a cometer excessos, mesmo não avalizados pelos “ideólogos”, atropelando as vozes sensatas que alertam para as consequências de atos irrefletidos.

Chega a assustar a pasmaceira das lideranças e correntes centristas, atônitas diante do baixo crescimento, alto desemprego, insegurança jurídica e desconfiança geral dos investidores – que o caso dos leilões do pré-sal sirva de alerta.

Como réstia de luz a se infiltrar pelas sombras, mostrando que há uma força capaz de superar as gritarias das correntes semeadoras de rancores e agressões, surgiu a Associação Brasileira de Produtores de Carne Carbono Neutro e Baixo Carbono. São pecuaristas do Centro-Oeste e Amazônia dispostos a provar que sua atividade é sustentável, não poluidora e atende aos interesses dos consumidores do mundo.

Ao contrário da tática desastrada de desqualificar os críticos, a entidade prefere dialogar e expor a diferença existente entre a produção legal e as práticas criminosas. Negar e atacar até convence ingênuas “tias do WhatsApp”, mas não enganará consumidores aconselhados por canais especializados e profissionais de informação. A verdade e o diálogo são as melhores formas de tratar uma polêmica.

.................................................

Baita peleja

O ingresso do ex-vereador Isau no MDB deu nova feição à sucessão do prefeito Marcito Pinto (PDT) em Ji-Paraná. E o confronto entre Isau e Laerte Gomes (PSDB), outro candidato poderoso, tende a beneficiar o atual gestor. A oposição desunida é tudo o que o prefeito pedetista precisa para ganhar mais quatro anos de mandato, ainda mais, que com seu último pacote de obras, voltou a crescer nas pesquisas.

A novidade...

A novidade sobre a construção da nova rodoviaria é que não tem novidade! O jogo de empurra segue entre a prefeitura de Porto Velho que diz que resolveu a regularização fundiária do terreno do atual terminal e da parte do governo estadual o que se vê é que não existe nenhum movimento sinalizando que haja o inicio das obras neste ano. Poderiam trabalhar em parceria para que a coisa saisse do papel, pois o projeto esta pronto desde o governo Confúcio.

As indefinições

O ano vai terminando e os trabalhos da revisão do Plano Diretor de Porto Velho ainda não terminaram faltando ainda a aprovação na Câmara de Vereadores. Também rolam indefinições quanto à mobilidade urbana e as inversões no trânsito nas avenidas 7 de Setembro e Almirante Barroso, esta última passaria a ser um corredor de ônibus. Também as mudanças no centro histórico, para beneficiar o comércio lojista ainda não aconteceram.

   Os Republicanos

O antigo PRB, partido criado pelos bispos da Universal cresceu e se transformou no Partido Republicanos, com boa representatividade no Congresso Nacional. Com grande filiação de evangélicos de outras denominações, a sigla que em Porto Velho é comandada pelo ex-deputado federal Lindomar Garçon pretende entrar na disputa pela prefeitura de Porto Velho. Os bispos ainda não tem um nome definido para a parada.

A desistência

Lideranças ligadas ao municipalismo acreditam que o governo Jair Bolsonaro não terá coragem para seguir em frente com o projeto que extingue quase 1000 municípios brasileiros com menos de 5 mil habitantes e sem condições de sustentação economica. Ocorre que deputados e senadores estão receosos com as consequencias da proposta em suas bases. Prefeitos e vereadores dos municípios atingidos também se mobilizam em todo País contra a medida.

Via Direta

*** È preciso investigar – atenção Câmara de Vereadores e Assembléia Legislativa – as obras de dragagem no Rio Madeira *** A respeito, existem comentários de barqueiros que a retirada da areia tem sido insuficiente ou até mesmo uma farsa. Olho vivo, torcida brasileira *** Existe revolta em todo o País com vereadores chupins que usam o cargo para viagens de turismo *** Em alguns municípios existem movimentos para a redução de cadeiras, já que a maioria só pensa no próprio umbigo *** Proponho ao caro leitor cara-pálida, aos peles vermelhas e quilombolas da região, um exercício de raciocinio *** Se os engenheiros do consórcio Santo Antonio não prestam nem para projetar e executar o enroncamento na orla no Rio Madeira, para a urbanização do Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, poderemos acreditar que a barragem que eles fizeram é segura? *** A coisa esta feia. Tem político dando cano em casa de apoio da sua base na capital *** E pobres os desamparados que precisam de um local para se abrigar durante tratamento de saúde.

 







Veja também em Artigos


o ineficiente serviço público brasileiro + Acidente caseiro: governador teve sorte + Empresa paulista no transporte coletivo
SUPERLOTADO, O INEFICIENTE SERVIÇO PÚBLICO BRASILEIRO JÁ TEM 11 MILHÕES E MEIO DE SERVIDORES ...


O caldeirão de Brasília + Mesa de negociações + Melhor ano de Hildon + Redução salarial
Antes mesmo de assumir, o ministro Paulo Guedes estava disposto a pôr abaixo a Zona Franca de Manaus...


O Dia da Caça + Nossos prefeitos + A desmoralização do PSL + As conversações políticas
Se não fosse por um acidente em que fraturou o quadril, poucos saberiam que o então rei Juan Carlos I da Espanha gostava de caçar elefantes em Botsuana,.....


Empreendedores têm receita para fazer estado e país crescerem + Aliança: quem vai mandar em Rondônia? + Custo da energia: Sebrae entra na briga
MAIS VALORIZAÇÃO, MENOS BUROCRACIA: EMPREENDEDORES TÊM RECEITA PARA FAZER ESTADO E PAÍS CRESCEREM ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News