Rondônia, - 20:09

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnoogia
TRF-4 reduz valor de multa do Facebook de R$ 2 bi para R$ 23 mi
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) determinou o valor de R$ 23,2 milhões para multa imposta ao Facebook e ao WhatsApp por descumprimento de ordens judiciais.
Publicado Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019, às 19:04 | Fonte MSN Noticias 0

 
 

Divulgação/ Internet

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) determinou o valor de R$ 23,2 milhões para multa imposta ao Facebook e ao WhatsApp por descumprimento de ordens judiciais, informou a corte em comunicado nesta terça-feira, 25.

A 1ª Vara Federal de Umuarama (PR) havia condenado as empresas a pagar multa de cerca de 2 bilhões de reais por não fornecerem dados sigilosos e não interceptarem comunicações feitas pelo WhatsApp de investigados da Operação Malote, da Polícia Federal (PF). A operação, deflagrada em 2017, investiga uma rede de narcotraficantes especializada em grandes carregamentos de drogas e com atuação nacional. Mas a 8ª Turma do TRF da 4ª região considerou o valor fixado pela Justiça paranaense excessivamente desproporcional. A decisão foi proferida em sessão de julgamento realizada dia 19.

No recurso ao TRF4, o Facebook alegou impossibilidade de cumprimento da ordem do tribunal paranaense porque, apesar de ser a empresa responsável pelo WhatsApp, existe autonomia entre ela e a WhatsApp Inc, afirmou o TRF4 em comunicado à imprensa.

Em seu voto, o relator do caso no TRF4, desembargador João Pedro Gebran Neto, afirmou que “é lícita a fixação de penalidade em face de descumprimento de ordem judicial e, nos termos do Marco Civil da Internet, as empresas Facebook Brasil e WhatsApp respondem solidariamente pelas sanções judiciais impostas, porquanto pertencentes ao mesmo grupo econômico”.

Procurado, o WhatsApp afirmou que “apreciamos que o tribunal reconheceu o valor e a legalidade da criptografia de ponta-a-ponta no Brasil. Trata-se de uma decisão importante que vai ajudar a garantir o direito de os brasileiros terem conversas online privadas e seguras”.

A companhia afirmou ainda que “revisamos, validamos e respondemos aos pedidos de autoridades no país” e que continua “aguardando uma decisão da mais alta corte do Brasil” sobre a importância da criptografia de ponta-a-ponta oferecida pelo serviço.







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Vivo pode ser multada em R$ 10 milhões por vazamentos de dados
Uma brecha na segurança da Telefônica deixou dados pessoais de clientes da operadora suscetíveis ao acesso de terceiros; valor da multa tem por base o Código de Defesa do Consumidor...


YouTube lança os Super Stickers; veja como eles funcionam
Recurso fomenta a interação entre espectadores e criadores de conteúdo, além de ser uma nova fonte de renda para os youtubers...


MIT desenvolve robô que pode 'crescer' como uma planta
Protótipo funciona como uma corrente de bicicleta flexível, que pode travar e destravar suas ligações e, assim, guardar ou estender seus 'braços'...


WhatsApp apaga grupos com nome ofensivo e bane membros
Problema foi relatado por diversos usuários. Tudo indica que o processo faz parte de uma fiscalização do WhatsApp...

 
      

2019 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras
© 2007 - 2019 • Ernesto & Eugenio Comunicação

E-mail: [email protected]
Fone: (69) 9 9967-8787 (Operadora Oi - WhatsApp)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Política de privacidade e uso






 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News