Rondônia, - 16:02

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Milícias começaram com 'boa intenção', mas viraram 'bandos armados', diz ministro da Defesa
O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse nesta quarta-feira, 9, que as milícias do Rio de Janeiro surgiram com uma ''boa intenção de ajudar as comunidades'', mas que se desvirtuaram.
Publicado Quinta-Feira, 11 de Abril de 2019, às 16:14 | Fonte Estadão 0

 
 

© Dida Sampaio/Estadão Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva

 

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse nesta quarta-feira, 9, que as milícias do Rio de Janeiro surgiram com uma "boa intenção de ajudar as comunidades", mas que se desvirtuaram.

Ele participa de audiência pública na Comissão de Relações Exteriores na Câmara dos Deputados. Azevedo e Silva fala sobre os planos de sua pasta para 2019.

A afirmação do ministro foi feita em resposta ao deputado Carlos Zarattini (PT-SP). Segundo Azevedo e Silva, que fez toda a sua carreira militar no Rio de Janeiro, após o início em prol de interesses da comunidade, as milícias se desvirtuaram e "agora são bandos armados."

O ministro afirmou que, durante a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, os militares mapearam a atuação das milícias. "Foi mapeado e entregue às forças de segurança do Rio de Janeiro", disse. Para Silva, um dos legados da intervenção é, justamente, as informações de inteligência deixadas pelos militares. "Talvez estejam desvendando algumas coisas porque estrutura de inteligência foi remontada", afirmou.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em POLÍTICA


Major Olímpio diz que se preocupa com 'pseudoaliados' de Bolsonaro
O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), disse nesta terça-feira, 21, que os atos favoráveis a Jair Bolsonaro marcados para o próximo domingo, 26, também servirão para chamar a atenção da sociedade para a atuação de parlamentares que se diziam...


STF pode tornar parte do Centrão ré na Lava Jato
A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decide nesta terça-feira, 21, se coloca lideranças do chamado Centrão no banco dos réus. ...


Caso Queiroz: como estão as investigações sobre ex-assessor de Flávio Bolsonaro?
A apuração do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre movimentações financeiras suspeitas de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL), vai completar 500 dias no próximo sábado, mas ainda não há conclusão a respeito do caso...


Rodrigo Maia elogia Moro: 'Fez e tem feito política'
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, elogiou nesta segunda-feira, 13, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, por estar “fazendo política”....

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News