Rondônia, - 02:24

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Mourão volta atrás e diz que Bolsonaro não sabia de vídeo em defesa do golpe
O presidente em exercício, Hamilton Mourão, voltou atrás e disse nesta terça-feira, 2, que o presidente Jair Bolsonaro não tinha conhecimento do vídeo distribuído pelo Palácio do Planalto em defesa do golpe de 1964.
Publicado Quarta-Feira, 3 de Abril de 2019, às 09:46 | Fonte Estadão 0

 
 

© Fábio Motta/Estadão Hamilton Mourão, vice-presidente da República

 

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, voltou atrás e disse nesta terça-feira, 2, que o presidente Jair Bolsonaro não tinha conhecimento do vídeo distribuído pelo Palácio do Planalto em defesa do golpe de 1964. "Em tese, ele deveria saber. Já sei que ele não sabia", afirmou Mourão nesta terça-feira.

Na segunda, ao comentar o assunto, Mourão afirmou que o envio do material tinha ocorrido por "decisão do presidente". "Foi divulgado pelo Planalto, é decisão dele (do presidente)", presumiu Mourão na segunda-feira.

Após distribuição do vídeo em canal oficial do Planalto, a assessoria de imprensa da Presidência não soube informar o autor do material ou o responsável pela distribuição.

Nesta terça, o empresário Osmar Stábile assumiu ter produzido o vídeo. Ele negou que tenha qualquer relação com a Presidência. "Eu nem conheço o Bolsonaro. Apoiei (Bolsonaro) durante a eleição, evidentemente, mas era uma pessoa mandando vídeos para amigos", disse. Ele afirma que a maior parte dos vídeos são feitos por ele mesmo ou com a ajuda de amigos. "O custo é insignificante. Não foi nada planejado (ser divulgado pelo governo), fiquei até surpreso", completou.

No material distribuído, data em que o golpe de 64 fez 55 anos, o apresentador diz que o Exército "salvou" o País. "O Exército nos salvou. Não há como negar. E tudo isso aconteceu num dia comum de hoje, um 31 de março. Não dá para mudar a história", diz ele. 

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em POLÍTICA


Caso Queiroz: como estão as investigações sobre ex-assessor de Flávio Bolsonaro?
A apuração do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre movimentações financeiras suspeitas de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL), vai completar 500 dias no próximo sábado, mas ainda não há conclusão a respeito do caso...


'Sistema de capitalização proposto não deve passar', diz Maia
Para o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), o sistema de capitalização para a previdência social não será aprovado pela Casa, se mantido como o proposto pelo governo federal. ...


MP diz que Flávio Bolsonaro ‘direciona esforços para interromper investigações’
O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) afirmou que o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) tem direcionado seus esforços para tentar interromper investigações sobre movimentações financeiras atípicas em seu gabinete de deputado estadual no Rio e...


Michel Temer se torna réu em processos da Lava Jato no RJ
O juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, aceitou nesta terça-feira, 2, as duas denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o presidente Michel Temer (MDB), pelos cri...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News