Rondônia, - 22:52

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Executiva da Huawei é liberada da prisão no Canadá após pagamento de fiança
Publicado Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018, às 09:21 | Fonte Olhar Digital 0

  
 
 

(Foto: The Globe and Mail)

 

A diretora financeira da Huawei Meng Wanzhou, presa no dia 1º de dezembro no Canadá, foi liberada nesta terça-feira, 11, sob pagamento de fiança. A executiva, filha do fundador e CEO da gigante chinesa, teve o valor de soltura definido em 10 milhões de dólares canadenses, equivalente a quase R$ 30 milhões, pagos em conjunto pelo seu marido e quatro ex-colegas e amigos.

Com a decisão, ela poderá responder ao processo de extradição para os Estados Unidos, que têm o objetivo de julgá-la por fraude fora da prisão. Ela permanecerá sob vigilância em sua residência em Vancouver, o que incluirá a presença de guardas e o uso de tecnologia, como foi definido no acordo de soltura.

O fato de ter sido liberada da prisão não alivia muito a situação da executiva da Huawei. Caso ela venha a ser deportada para os Estados Unidos, ela poderá ser condenada a até 30 anos de prisão.

O grande problema gira em torno de uma subsidiária da Huawei chamada SkyCom, que possui sede em Hong Kong. Essa empresa é acusada de fazer negócios com o Irã durante 2009 e 2014, violando as sanções impostas contra o país pelos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, a Huawei trabalhava com instituições financeiras dos EUA; na visão das autoridades americanas, ao fazer isso a empresa fraudou as instituições bancárias do país. Meng Wanzhou era parte do conselho da SkyCom.

Nos últimos tempos, o governo dos EUA tem liderado uma campanha contra a Huawei. No começo de 2018, a empresa foi barrada ao tentar vender seus smartphones por lá. Mais recentemente, os americanos tentaram convencer aliados a não utilizar equipamentos da empresa chinesa.

Os EUA acreditam que a Huawei tem ligações próximas ao governo da China e que pode estar vazando informações sigilosas de outros países para Pequim. O estado chinês nega que esteja espionando o Ocidente através da Huawei, e a empresa nega que esteja vazando informações ao governo da China.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Desenvolvedores chineses denunciam exploração trabalhista no fórum do GitHub
Reclamações focam na jornada excessiva de trabalho das 9h às 21h durante seis dias por semana; autores das denúncias acusam algumas das maiores e mais conhecidas empresa, como a Huawei...


Iron Man VR: o game de realidade virtual que quase te transforma em Tony Stark. Confira o vídeo!
Jogo chega ainda em 2019 para o Playstaton VR...


Microsoft adiciona opção intermediária de processador Intel para o SurfaceBook2
A nova versão está disponível pelo preço de U$1.499...


Escolas de São Paulo receberão 583 impressoras 3D para aulas de tecnologia
A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (1) a entrega de 583 impressoras 3D em escolas municipais. ...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News