Rondônia, - 02:53

 

Você está no caderno - Notícias do interior de Rondônia
Em Rolim de Moura: Estado de calamidade financeira
Declarado estado de calamidade financeira e administrativa em Rolim de Moura
O prefeito de Rolim de Moura, Aldo Júlio (MDB) decretou estado de calamidade financeira e administrativa no município.
Publicado Segunda-Feira, 8 de Outubro de 2018, às 14:56 | Fonte Prefeitura de Rolim de Moura 0

 
 

 

O prefeito de Rolim de Moura, Aldo Júlio (MDB) decretou estado de calamidade financeira e administrativa no município. No documento o prefeito explica que o decreto tem vigência de 60 dias seguidos, podendo ser prorrogado por igual período.
 

Com a decisão ficam suspensos contratos, pagamentos de empenhos e convênios expedidos ou firmados em exercícios anteriores e por gestores anteriores, até que seja feita análise por Comissão composta por três servidores da Secretaria, presidida pelo Secretário Municipal da Pasta à qual gerou a despesa, sem remuneração específica para tal, excetuando-se a folha de pagamento e encargos sociais.


O prefeito ainda esclareceu que um levantamento realizado pela secretaria municipal de fazenda aponta que a dívida do município passa de 40 MILHÕES de reais e apresentou detalhados os débitos: R$ 13.790.037,23 junto ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais – ROLIMPREVI, relativos a contribuição patronal, referente a períodos diversos já parcelados; R$ 2.973.987,54 junto ao Regime Geral da Previdência Social - INSS, referente a parcelamentos diversos; R$ 2.641.692,48, junto às Centrais Elétricas de Rondônia – CERON, referente a parcelamento$ 2.479.194,00, referente a Precatórios; Restos a Pagar:- R$ 11.373.045,75 inscritos em exercícios anteriores; Empenhos a Pagar, exercício de 2018: R$ 5.115.524,78 Processados; R$ 3.287.719,54 Não processados, Rescisões Contratuais não empenhadas de pessoal R$ 2.341.076,67 e ainda folhas de Pagamento R$ 23.078.953,89, dos meses outubro, novembro,dezembro,13º salário e férias 2018.


O prefeito fez questão de frisar que tomou a decisão embasado em estudos realizado por técnicos do município e amparado pela procuradoria e afirmou que esta administração não medirá esforços no sentido de prover a população com ações constitucionalmente asseguradas, respeitada sua real capacidade financeira.

 







Veja também em Notícias do interior de Rondônia


Em apenas 8 meses, mais de 700 cirurgias já foram realizadas no novo hospital de Jaru
Com sua nova estrutura, o novo Hospital Municipal (HM) de Jaru, já conta com resultados positivos, em relação aos atendimentos oferecidos aos jaruenses.   Após sua inauguração, no último dia 8 de dezembro, o novo HM já realizou mais de 700 cirurgia...


Agenda cultural poderá ajudar recuperação de adolescentes em ressocialização
A presidente da Fundação Cultural de Vilhena (FCV), Kátia Valéria, junto com a juíza Drª Kelma Vilela de Oliveira, visitou a unidade socioeducativa de Vilhena para tratar com o Diretor do setor, Geneci Rodrigues Coelho, sobre a implantação de uma a...


Jaru: Construção de muro garantirá mais segurança na escola Juscelino Kubitschek, depois de 20 anos de espera
O prefeito de Jaru, João Gonçalves Júnior, assinou no último sábado (10), a ordem de serviço para a construção de mais de 800 metros de muro, na escola Juscelino Kubitschek (J.K)....


Ato cívico: Começaram os preparativos para o 7 de setembro.
Na manhã desta quarta-feira, dia 01 de agosto, o prefeito Eduardo Japonês recebeu em seu gabinete autoridades militares e civis de Vilhena e a presidente da Fundação Cultural....

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News