Rondônia, - 06:29

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Venezuela: Mais de 60% da população vive em pobreza extrema
Na Venezuela, 87% da população é pobre e 61% vive em pobreza extrema, segundo dados divulgados na quinta-feira pela organização não-governamental Coligação de Organizações pelo Direito à Saúde e à Vida (Codevida).
Publicado Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, às 16:28 | Fonte Sapo 24 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=354130&codDep=24" data-text="Venezuela: Mais de 60% da população vive em pobreza extrema

  
 
 

 

Os dados foram divulgados pelo presidente da Codevida, Francisco Valência, em Genebra, Suíça, durante uma reunião na ONU, em que alertou que 55% das crianças venezuelanas, com menos de cinco anos de idade, padece de subnutrição.

"A crise, na Venezuela, tem consequências devastadoras para o bem-estar da população e no usofruto dos seus direitos (...), os níveis de insegurança alimentar são altíssimos", enfatizou.

Os dados, explicou, têm como fontes o Centro de Direitos Humanos da Universidade Católica Andrés Bello (UCAB), a Cáritas e a Organização Panamericana da Saúde.

Por outro lado, Eduardo Trujillo, da UCAB, precisou que mais de oito milhões de venezuelanos comem "duas ou uma vez por dia, e o que ingerem não é nutritivo".

A crise, a escassez e os altos preços dos produtos fizeram com que "em média os venezuelanos tenham perdido 11 quilogramas de peso, em 2017", acrescentou.

Por outro lado, ambos os responsáveis explicaram que na Venezuela não há distribuição regular de água potável, falta a eletricidade e a inflação é de 233%, o que fez com que 2,3 milhões de pessoas tenham abandonado o país.

A crise, segundo a Codevida, provocou a migração de 50% dos trabalhadores hospitalares, sobrecarregando de trabalho as enfermeiras que não emigraram, enquanto que milhares de pacientes não recebem tratamento adequado pela falta de medicamentos e materiais médicos no país.

Por outro lado, ressurgiram doenças que já estavam controladas como o sarampo e a malária.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Governo decide estender acolhida a venezuelanos
Ela foi criada para receber e redistribuir a outras partes do país venezuelanos que chegam a Roraima fugindo da crise política e econômica da ditadura de Nicolás Maduro. ...


Líder de oposição venezuelana: Brasil terá papel central para saída de Maduro
Em nota, Itamaraty acusa regime chavista de terrorismo, narcotráfico e corrupção...


Brasil deve liderar movimento contra Maduro
O presidente fará uma ofensiva no Fórum Econômico Mundial, na semana que vem, para legitimar um governo de transição naquele país. “Tudo faremos para que a democracia seja restabelecida”, afirmou Bolsonaro....


Venezuela: 3,7 milhões de pessoas estão subalimentadas
Aumento de pessoas subalimentadas na Venezuela foi de 600 mil, entre 2015 e 2017, explica um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News