Rondônia, - 01:42

 

Você está no caderno - Notícias da Justiça e do Direito
Ribeirinho Cidadão presta mais mil atendimentos
Ribeirinho Cidadão presta mais mil atendimentos
Comarca da Cametá recebeu a prestação jurisdicional
Publicado Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, às 18:06 | Fonte Tribunal de Justiça do Pará 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=352317&codDep=35" data-text="Ribeirinho Cidadão presta mais mil atendimentos

  
 
 

 

A primeira etapa do projeto Ribeirinho Cidadão fez 1.018 entendimentos na Comarca de Cametá, na região do Baixo Tocantins, no dia 8 de agosto. A comunidade do distrito de Carapajó recebeu prestação jurisdicional, orientações jurídicas, atendimento de saúde e educação ambiental, na escola pública Santino Cohen. As audiências foram realizadas com a participação dos servidores da Coordenadoria dos Juizados Especiais (CJE), que tem à frente a desembargadora Maria de Nazaré Gouveia, e teve apoio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec)

Sob coordenação e de iniciativa da juíza Pâmela Carneiro Lameira, que responde pela 1ª Vara, os trabalhos abrangeram ações ligadas à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, ao Estatuto da Criança e do Adolescente (Eca), ao Estatuto do Idoso, ao enfrentamento e apoio aos usuários de crack e álcool, ao combate ao tráfico de drogas e à educação ambiental. A magistrada fez uma audiência no domicílio de jurisdicionada com dificuldade de locomoção, a fim de garantir imediata conclusão de ação proposta no mesmo dia.

A Secretaria Municipal de Saúde participou com 25 servidores, que garantiram consulta médica, atendimento odontológico, vacinação, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites, verificação de pressão arterial e glicemia, além de palestras de orientação.

Ambiente

Dez servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente fizeram ações de monitoramento ambiental, controle ambiental e educação ambiental, dando orientações sobre atividades impactantes, por meio de panfletagem em vários pontos do distrito, bem como palestras sobre resíduos sólidos, poluição dos rios e sonora e pesca predatória.

A Ordem dos Advogados do Brasil – seção Pará (OAB-PA) disponibilizou serviços de orientação jurídica, acompanhamento processual e palestras educativas sobre temas atuais do direito. As Policias Civil e Militar disponibilizaram serviços de identificação, por meio da expedição de documentos durante o projeto.

Esta edição do projeto teve parceria com Ministério Público, OAB, Marinha do Brasil, secretarias  de Educação, Saúde, Meio Ambiente, Polícia Civil e  Militar, Câmara dos Dirigentes Lojistas de Cametá e a Câmara dos Vereadores de Cametá.

Quantidade de atendimentos

Ministério da Saúde: 400

Ministério do Meio Ambiente: 100

Marinha Mercante (Navio-Patrulha Pampeiro): 100

OAB: 100

Ministério Público: 63

Judiciário: 79

Orientação Jurídica: 39

Audiência em domicílio: 1

Polícia Civil - Emissão de carteira de identidade: 200

Cartório: 36

Total: 1.018

 

 

Fonte: Coordenadoria de Imprensa 
Texto: Will Montenegro 
Foto: null / Divulgação

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Notícias da Justiça e do Direito


Concurso de estágio no MPF: inscrições prorrogadas até 11 de outubro, próxima quinta-feira
Vagas de estágio são para Administração, Direito, Engenharia Civil, Jornalismo e Informática...


Triagem para ''Operação Justiça Rápida'' continua até sexta (19) em Ariquemes
Os agendamentos acontecerão no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania - Cejusc, localizado na Rua Fortaleza, 2178, no Setor 3....


MP se reúne com Prefeito de Vilhena para discutir melhorias na área da saúde
O Ministério Público de Rondônia realizou, na última terça-feira (02/10), reunião com o Prefeito de Vilhena, secretários municipais e integrantes do Poder Legislativo para tratar de ações de melhoria na área da saúde do Município....


Juizado expede primeiros termos de guarda para programa família acolhedora em RO
O 2º Juizado da Infância e Juventude da comarca de Porto Velho expediu os primeiros termos de guarda para duas adolescentes serem encaminhadas ao programa “Família Acolhedora” no estado de Rondônia....

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News