Rondônia, - 12:56

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
MPDFT consegue retirar do Yahoo site que vende dados de brasileiros
Publicado Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, às 07:49 | Fonte EBC - Agência Brasil 0

  
 
 

Divulgação - Internet

 

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) informou hoje (9) que o mecanismo de busca Yahoo! retirou, por solicitação do órgão, a menção ao site Tudo sobre Todos de seus resultados.

A página é investigada pelo órgão por disponibilização e venda ilegal de dados de milhões de brasileiros. A Comissão de Proteção de Dados Pessoais avalia que a atividade realizada pelo site é ilegal.

O site Tudo Sobre Todos permite consulta e venda de diversos dados de brasileiros, como nome, CPF, endereço, contas em redes sociais e até nomes de vizinhos. O MPDFT, por meio de sua Comissão de Proteção de Dados Pessoais, abriu inquérito para investigar a página.

A partir do inquérito, o Ministério Público notificou mecanismos de busca para a remoção das menções ao site. Enquanto o Yahoo! acatou a solicitação, o maior serviço deste tipo, o Google, não atendeu à requisição do órgão. A Microsoft, responsável por mecanismo semelhante de nome Bing, também não respondeu o pedido dos promotores responsáveis pela apuração.

Em julho, o MPDFT notificou o serviço de comércio eletrônico Mercado Livre para que retirasse do ar uma conta que comercializava créditos para adquirir informações pessoais no site Tudo sobre Todos. A empresa atendeu à solicitação e inabilitou a conta.

O site já chegou a ser retirado do ar, mas opera hoje por meio de um domínio hospedado na Suécia.

 

Edição: Carolina Pimentel







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em NACIONAL


Aluno ferido em ataque a escola em Suzano permanece internado
...


Governo leiloa hoje quatro áreas portuárias
São três na Paraíba e uma no Espírito Santo...


Após sofrer cobrança, Maia ataca Moro
Chamou o ministro da Justiça de “funcionário” de Bolsonaro......


Governo bloqueia quase R$ 30 bilhões de despesas do Orçamento
...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News