Rondônia, - 12:57

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Câmara de BH rejeita cassação de ex-presidente da casa
Publicado Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, às 07:44 | Fonte EBC - Agência Brasil 0

  
 
 

Divulgação - Internet

 

Em votação realizada hoje (9) na Câmara Municipal de Belo Horizonte, a cassação do ex-presidente da casa Wellington Magalhães (PSDC) foi rejeitada. Ele continuará afastado das funções políticas, devido a uma determinação judicial em vigor, embora esteja recebendo regularmente o salário, superior a R$ 16 mil. Apesar de nenhum vereador ter votado pela absolvição de Magalhães, os 28 votos necessário não foram alcançados. A cassação foi apoiada por 23 parlamentares e houve 15 abstenções.

Wellington Magalhães é acusado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) pela prática de corrupção, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações e na contratação de serviços de publicidade do legislativo da capital mineira.

Segundo a denúncia, os crimes teriam ocorrido entre 2011 e 2016, quando ocupava a presidência da Câmara. Ele teria se beneficiado de esquemas para recebimento de propina envolvendo contratos de publicidade irregulares na Câmara em valores próximos a R$ 30 milhões.

O vereador chegou a ser preso em abril deste ano, depois de ser considerado foragido. No final de maio, porém, foi beneficiado por um habeas corpus. Atualmente, ele tem liberdade monitorada, devendo usar tornozeleira eletrônica e se recolher ao domicílio às 22h. Ele acompanhou a votação. Em sua defesa, o advogado se pronunciou no plenário da Câmara e acusou ilegalidades no processo que levou Wellington Magalhães à prisão.

Edição: Denise Griesinger

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em POLÍTICA


Após farpas com Maia, Moro cita 'liderança' do presidente da Câmara
Mesmo após declarações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, indicando que a Casa não priorizará o pacote de leis anticrime apresentado pelo governo, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, destacou a ''liderança'' do deputado e di...


Temer deixa prisão em sede da PF no Rio de Janeiro
O ex-presidente Michel Temer (MDB) deixou no início da noite desta segunda-feira, 25, a Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, após conseguir um habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 2ª Região....


Sem Moro e com Moraes, grupo se reúne na Câmara para discutir pacote anticrime
O grupo de trabalho criado na Câmara para discutir o pacote anticrime proposto pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, se reúne nesta terça-feira, 26, pela primeira vez. Moro, porém, não foi convidado....


Paulo Guedes tem audiência nesta terça para debater Previdência na CCJ
O ministro da Economia, Paulo Guedes, participará, nesta terça-feira 26, a partir das 14h, de um debate  na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma d...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News