Rondônia, - 22:58

 

Você está no caderno - POLÍTICA
ferrovia e BR-319
Acir inclui ferrovia e BR-319 no Orçamento da União
O senador Acir Gurgacz (PDT) aprovou nesta terça-feira, 26, na Comissão de Infraestrutura, emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
Publicado Quarta-Feira, 27 de Junho de 2018, às 10:00 | Fonte Assessoria 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=350234&codDep=19" data-text="Acir inclui ferrovia e BR-319 no Orçamento da União
ADS NEWS 3

  
 
 

O senador Acir Gurgacz (PDT) aprovou nesta terça-feira, 26, na Comissão de Infraestrutura, emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) destinando recursos para a reconstrução da BR-319, que liga Porto Velho a Manaus. Acir é o relator setorial de Infraestrutura ao Orçamento Geral da União de 2019 e, além, da reconstrução da BR-319, também cobrou recursos para a construção do trecho da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico) que liga Sapezal (MT) a Porto Velho (RO).

Em audiência pública, ainda pela manhã, na CI, Acir já tinha cobrado informações de técnicos do governo federal sobre essas obras. O diretor do Departamento de Infraestrutura de Logística do Ministério do Planejamento, Otto Luiz Burlier, disse que os estudos para a reconstrução da BR-319 ainda dependem do processo de licenciamento ambiental, mas que a concessão da BR-364 e o projeto de construção da ferrovia devem ser concluídos até o final do ano.

“A gente está trabalhando para realizar a concessão da Fico e da BR-364 ainda este ano. No segundo semestre colocaremos o projeto da BR-364 em consulta pública e com relação a ferrovia vamos qualificar o projeto até o final do ano para que no próximo ano possamos fazer a concessão”, frisou Burlier

Na audiência pública os senadores cobraram mais investimentos no modal ferroviário e na infraestrutura da região Norte. Hoje, 65% do transporte de cargas do país é feito pelas rodovias contra 15% por ferrovias, 11% por cabotagem e 5% por hidrovias.

O diretor do Departamento de Gestão Estratégica do Ministério dos Transportes, Rodrigo Cruz, também defendeu a revisão do papel do Estado no setor. Segundo ele, é preciso avançar em uma rede de transportes que se complemente, diminuindo a dependência do modal rodoviário:

“Isso trará menor vulnerabilidade a paralisações como enfrentamos recentemente. Tão importante quanto diversificar nossa matriz de carga é fazer com que a matriz possa operar no que é mais adequado”, disse.

A aposta do Ministério dos Transportes é de que, a partir de 2025, com as renovações de contratos de concessões e conclusão de obras, suba de 15% para 30% a participação do modal ferroviário no transporte de cargas: “A gente aposta que tenha um ganho de 15% no montante de cargas transportadas pelo transporte ferroviário e a diminuição de 65% para 50% do modal rodoviário”, estimou Cruz.

Segundo o gerente jurídico da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários, Regis Dudena, a prorrogação dos contratos de cinco concessionárias, que está em análise no momento, vai representar investimentos da ordem de R$ 25 bilhões nos próximos cinco anos, o que vai ajudar a desafogar a logística. “Esses recursos vão servir para a ampliação de capacidade das vias, tecnologia, construção de novos trechos e ramais e ampliação e modernização da frota”, apontou.






ADS NEWS 4

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em POLÍTICA


PF investiga esquema de caminhoneiros que simulavam roubos de carga
...


PF desarticula grupo que clonou celulares de ministros de Temer
...


Presidente do Supremo prorroga dois inquéritos envolvendo Jucá e Raupp
A ministra Cármen Lúcia, prorrogou por 30 dias dois inquéritos abertos com base nas delações da Odebrecht envolvendo os senadores emedebistas Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO). ...


Meirelles diz ter apoio para ser candidato do MDB e prevê ‘voo solo’
...

 

::: Publicidade :::

ADS NEWS 1

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM