Rondônia, - 21:19

 

Você está no caderno - Porto Velho
ACESSIBILIDADE
Márcio Oliveira cobra estrutura da Semed para acompanhamento de alunos com deficiência
Participaram da reunião com o secretário municipal de Educação, Marcos Aurélio Marques, que foi realizada no dia 11 pela manhã,  o  vereador Márcio Oliveira, que foi o autor da proposta da audiência pública
Publicado Segunda-Feira, 28 de Maio de 2018, às 10:35 | Fonte da Redação 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=349074&codDep=27" data-text="Márcio Oliveira cobra estrutura da Semed para acompanhamento de alunos com deficiência

  
 
 

“Após audiência pública que propusemos e realizada no último dia 09,  também sugerimos uma reunião com a secretaria de Educação e o grupo 'Mães Coragem'
como próximo passo para que fossem enumerados todos os problemas enfrentados por alunos com deficiência nas escolas do município de Porto Velho”, disse
o vereador Márcio Oliveira.

Participaram da reunião com o secretário municipal de Educação, Marcos Aurélio Marques, que foi realizada no dia 11 pela manhã,  o  vereador Márcio Oliveira,
que foi o autor da proposta da audiência pública que originou a reunião, a primeira dama do município, Yeda Chaves, representantes de entidades não governamentais
e do movimento “Mães Coragem”.

Representantes do movimento Mães Coragem, Fabiana e Cátia Souza,  entre elas,  fizeram detalhadamente um relato da atual situação: necessidade de incentivo
e disponibilização de ensino de libras para os alunos com dificuldade de comunicação verbal;  falta de estrutura em escolas para atividades aquáticas  complementares
para alunos, como forma de terapia ocupacional e falta de acessibilidade nos prédios das escolas e, principalmente, a não existência de  profissionais
capacitados para acompanhar esses alunos.

Parcerias

Foi sugerido na reunião maior entrosamento e parceria  da prefeitura, no caso  a Semed, com as entidades não governamentais que atuam na área como Apae,
Casa Família Rosetta e outras.  As  mães usam a APAE e Casa Família Rosetta,  porém, estes lugares também são carentes de infraestrutura e de apoio em
geral.

Foi também sugerido que se incentivem  voluntários e  que se monte um programa de  estagiários para atuarem e ajudarem na área.

Cátia de Souza do movimento  “Mães coragem” relatou que o Centro de Reabilitação de Rondônia (Cero)   opera em péssimas  condições , falta de infraestrutura
e de limpeza, forro quebrado e ar condicionados que não funcionam;   sugeriu também a criação de um centro/setor só para as crianças.

Compromissos

O secretário Marcos Aurélio Marques e a primeira dama, Yeda Chaves, assumiram que realmente é preciso se tomar medidas imediatas de  melhorias para esses
alunos portadores de deficiências.  Já ficando acertado que será reforçado a parceria e o apoio da prefeitura com a Apae e a Casa Família Rosetta.

A Semed  assumiu que  vai promover  especialização na área para cerca de 400 professores o quanto antes e as escolas sob contrato de aluguel, esses  só
serão renovados se o locador adequar à acessibilidade;  quanto  as escolas do município,  precisam de projetos para adequação, o que deve ser feito. 

O secretário disse que precisa ter audiência com Ministério Público e com os Conselhos afins,  pra discutir mais a fundo o perfil do candidato de acompanhante
de alunos com deficiência para se  ter  todo cuidado na elaboração do concurso para evitar erros. Marcos Aurélio disse já estar marcando essa reunião com  no
MP.

Cobrança

 Márcio Oliveira após a reunião fez uma análise de como serão  encaminhadas essas demandas em busca de uma solução. “ É que estamos cansados de promessas
que depois não são cumpridas. Essa questão do acompanhamento de alunos com deficiência na rede escolar municipal já  se arrasta  um bom tempo. Não vamos
mais admitir esse tipo de irresponsabilidade por parte do executivo municipal”, disse o vereador.

“Continuaremos cobrando, juntamente com o movimento  Mães Coragem, do qual faço parte,   ações da prefeitura no sentido de encontrarmos uma solução. Não
aceitaremos que o executivo municipal continue tratando essa demanda com descaso. Seremos vigilantes nessa cobrança”, afirmou o vereador.
 

Fonte: Assessoria








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Porto Velho


Porto Hidroviário do Cai N’Água é reinaugurado em Porto Velho
Porto é reinaugurado e começa a funcionar normalmente nesta segunda-feira...


Defesa Civil de Porto Velho monitora distritos, comunidades e áreas de risco no Alto Madeira
Constatou-se situação preocupante em Nova Califórnia, onde algumas construções foram feitas de maneira irregular, muito próxima a BR 364...


Sebrae incentiva turismo e abraça o projeto Porto Velho Sport Fishing
Vinte pescadores concluíram o curso de condutores de pesca esportiva e vão atuar profissionalmente na região...


Entrada gratuita: Mais de 400 crianças vão ao teatro em Porto Velho
o roteiro da peça teatral infantil, que foi vista por adultos e mais de 400 crianças no Teatro Guaporé, nessa terça-feira (22)....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM