Rondônia, - 03:15

 

Você está no caderno - Porto Velho
Mais de 400 crianças vão ao teatro na capital
Entrada gratuita: Mais de 400 crianças vão ao teatro em Porto Velho
o roteiro da peça teatral infantil, que foi vista por adultos e mais de 400 crianças no Teatro Guaporé, nessa terça-feira (22).
Publicado Quarta-Feira, 23 de Maio de 2018, às 19:55 | Fonte Assessoria de Comunicação FUNCER 0

  
 
 

    Bernardo, Clara e Leão são amigos de São Francisco de Assis, personagem principal da peça “Outra História da Francisco, juntos os amigos fazem travessuras com o personagem folclórico Bumba meu Boi e rimas que compõem o roteiro da peça teatral infantil, que foi vista por adultos e mais de 400 crianças no Teatro Guaporé, nessa terça-feira (22).
    Com entrada gratuita e aberta ao público por ordem de chegada, foram disponibilizadas duas sessões para a peça. A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Castelo Branco levou três turmas do 9º ano, para prestigiar o espetáculo, também compareceram alunos do Centro Social Madre Mazzarello, Instituto Federal de Rondônia, famílias e crianças da capital rondoniense.
    A peça é composta por oito personagens, os quatros amigos, Deus, dois músicos instrumentistas e sonoplastas e outro participante que faz diversos papeis. Com muita música e ensinamentos de que não se pode maltratar os animais, a peça é contada de forma humorada para contagiar os risos do público.  Lia Assunção, levou seu filho Felipe, de 16 anos, e os sobrinhos Valter Luiz, Israel e Luiz para assistir ao evento.
    “ Eu vi nas redes sociais do teatro que ia ter esse espetáculo e que seria da classificação deles”, diz Lia, que também é acadêmica do curso de Teatro na Universidade Federal de Rondônia (Unir).
    Para Lia, o teatro está disponível de forma gratuita para população é “dá importância ao verdadeiro papel que ele tem para sociedade”. A forma gratuita só foi possível devido à normativa que foi aprovada pelo governo de Rondônia, onde a nova administração, Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), fez esforço para que acontecesse. Lia Assunção diz que conta história ao seu filho e sobrinhos para que isso os estimule na contribuição cultural.
    A professora de educação física do Castelo Branco Crivi Moura disponibilizou sua aula para que os alunos fossem ao teatro. Segundo Crivi, “por mais que seja uma atividade que não é ligada a atividade física faz parte da descontração e do lazer”. Crivi diz que sempre que houver mais espetáculos que ela irá levar os alunos ao Teatro.
    Outra História de Francisco está em turnê nacional desde novembro de 2017, e já se apresentou por mais de 30 cidades nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste do país. A realização do espetáculo é do Grupo ArtPalco, com patrocínio da empresa Atacadão, via Lei Rouanet do Ministério da Cultura (Minc) – Pronac nº161969 e com parceria da Secretaria Municipal de Educação de Porto Velho (Semed) e do Governo de Rondônia. 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Porto Velho


Prefeito Hildon Chaves busca recursos em Brasília para atender a população de Porto Velho
Os recursos pleiteados fazem parte dos convênios firmados com o Governo Federal em dezembro de 2017...


Semusa anuncia reforma e ampliação de 19 unidades de saúde em Porto Velho
Projetos arquitetônicos das unidades estão em fase de análise pela Agevisa...


Audiência vai discutir sobre impactos da enchente que atingiu mais de 7 mil pessoas
O impacto da enchente do Rio Madeira e os seus efeitos nas comunidades ribeirinha, rural e urbano. ...


Sebrae realiza oficina de planejamento estratégico para gestores públicos
Oficina reuniu todos os secretários municipais e visa melhorias na gestão...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News