Rondônia, - 18:44

 

Você está no caderno - Porto Velho
dívidas da ceron
Sindur protocola denúncias no MPF e TCU sobre reconhecimento de dívida da ceron no valor de mais de R$ 2 bilhões e 600 milhões
Na avaliação dos Eletricitários do Estado de Rondônia, o reconhecimento da mencionada dívida e consequente parcelamento, tem um único objetivo que é o de limpar o caminho para a privatização da CERON
Publicado Terça-Feira, 22 de Maio de 2018, às 20:48 | Fonte Assessoria 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=348824&codDep=27" data-text="Sindur protocola denúncias no MPF e TCU sobre reconhecimento de dívida da ceron no valor de mais de R$ 2 bilhões e 600 milhões

  
 
 

O SINDUR – sindicato que representa, entre outros, os trabalhadores da CERON - Centrais Elétricas de Rondônia S.A, protocolou hoje (22 de maio), denúncias junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) e ao Ministério Público Federal (MPF), relativa ao processo de reconhecimento de dívida da CERON junto a Petrobras Distribuidora S.A, cujo valor que não foi sequer auditada pelos órgãos de controle externo, representam mais de dois bilhões e seiscentos milhões de reais, referente a compra de combustível para geração de energia elétrica nas localidades que não estão interligadas ao SIN – Sistema Interligado Nacional, ou o popularmente conhecido “linhão”.

Na avaliação dos Eletricitários do Estado de Rondônia, o reconhecimento da mencionada dívida e consequente parcelamento, tem um único objetivo que é o de limpar o caminho para a privatização da CERON, já que com uma dívida desse montante nem mesmo com um preço de R$50.000,00 (cinquenta mil reais) pelo qual deverá ser ofertada a empresa, haveriam interessados na aquisição do controle acionário da mesma.

 

Na denúncia o SINDUR solicita do TCU e MPF que tomem as medidas cabíveis ao caso, já que se trata de um volume assustador de recursos envolvidos no processo de reconhecimento e parcelamento de dívida que, por prudência, deveria no mínimo ser auditada pelos órgãos de controle externo.

 

Desde o início do processo de privatização da CERON, o SINDUR já protocolou várias denúncias e ações solicitando dos órgãos de controle externo a apuração e providências quanto aos abusos que estão sendo cometido no processo, cujos reflexos já estão sendo sentidos pelos consumidores.

 

Para “viabilizar a privatização” das distribuidoras de energia elétrica controladas pelas Centrais Elétricas Brasileiras – Eletrobras, houve a contratação de empresa para definir o preço e a modelagem da privatização em desacordo com as normas vigentes; dívidas das distribuidoras junto aos fundos setoriais como a RGR – Reserva Geral de Reversão e CCC – Conta de consumo de Combustível; capitalização de empréstimos pela Eletrobras; flexibilização das regras referentes a qualidade de serviços que chegam ao absurdo de determinar que a ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, não aplique qualquer penalidade para as futuras detentoras da concessão nos primeiros dois anos e apenas faça fiscalização educativa. Tudo isso sendo suportado pela sociedade brasileira, de uma forma especial os consumidores que terão os preços da energia reajustados em percentuais bem superiores aos que vem sendo feito nas condições atuais dessas empresas.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Porto Velho


Porto Hidroviário do Cai N’Água é reinaugurado em Porto Velho
Porto é reinaugurado e começa a funcionar normalmente nesta segunda-feira...


Defesa Civil de Porto Velho monitora distritos, comunidades e áreas de risco no Alto Madeira
Constatou-se situação preocupante em Nova Califórnia, onde algumas construções foram feitas de maneira irregular, muito próxima a BR 364...


Sebrae incentiva turismo e abraça o projeto Porto Velho Sport Fishing
Vinte pescadores concluíram o curso de condutores de pesca esportiva e vão atuar profissionalmente na região...


Neste sábado tem mobilização nacional de vacinação contra a gripe
Neste sábado, 12, as unidades básicas de saúde da cidade de Porto Velho e dos distritos ao longo da BR estarão abertas das 8h às 17h para mobilização nacional de vacinação contra a gripe....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM