Rondônia, - 19:21

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
HTC lançará celular baseado em blockchain para facilitar negociação de criptomoedas
Publicado Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, às 17:49 | Fonte Gizmodo 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=348600&codDep=41" data-text="HTC lançará celular baseado em blockchain para facilitar negociação de criptomoedas

  
 
 

 

Blockchain é a tecnologia da moda: algumas empresas chegaram a usar o termo para impulsionar ações, governos estudam utilizá-la em operações bancárias, indústrias se beneficiam do sistema, e até mesmo o Facebook criou uma divisão voltada a ela. A HTC também está entrando no jogo com um smartphone baseado em blockchain, que se chamará Exodus.

O objetivo principal da companhia é facilitar a negociação de criptomoedas para donos do celular e o uso de aplicativos descentralizados, chamados DApps. O responsável pelo desenvolvimento das iniciativas da HTC com o blockchain é Phil Chen, que criou o headset de realidade virtual da marca, o Vive.

O Exodus terá hardware específico para torná-lo “mais seguro”. Ele terá uma carteira integrada, e a HTC planeja criar uma rede de blockchain nativa para facilitar a negociação direta de criptomoedas com pares que estejam na rede do telefone, sem a cobrança de taxas de mineração, como aponta o GSM Arena.

A fabricante também considera aceitar criptomoedas como forma de pagamento para o celular, mas o preço ainda não foi definido. Aliás, não sabemos nem como o aparelho será visualmente — apenas a imagem acima foi publicada. Detalhes de especificações técnicas também não foram reveladas.

O CNET lembra que esse não é o primeiro smartphone “baseado em blockchain”: em abril deste ano, a Sirin Labs anunciou que a Foxconn fabricaria o Finney, um celular de US$ 1.000 com suporte à tecnologia que deve ser disponibilizado no mercado em outubro.

É difícil dizer o quão vantajoso é um smartphone baseado em blockchain; ainda não há nenhum modelo do tipo no mercado para comprovar que é uma solução melhor do que a instalação de aplicativos de negociação de criptomoedas ou navegadores e aplicativos de mensagens com foco em privacidade em smartphones comuns. Mas a palavra “blockchain” tem bastante força.

[CNET, The Next Web, GSM Arena]

Imagem do topo: HTC

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Sony Xperia XA2 chega ao Brasil custando R$ 1,7 mil
...


O Twitter vai começar a esconder tuítes de “impacto negativo”
...


As melhores funcionalidades que encontramos no beta do Android P
...


O novo Portal para Jovens, do Facebook, quer ensinar aos usuários como ter cuidado online
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM