Rondônia, - 16:39

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
China pede que EUA e Coreia do Norte não desperdicem avanços conquistados
Publicado Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, às 09:41 | Fonte Revista Exame 0

  
 
 

Kim Jong-un: a Coreia do Norte suspendeu as conversas com a Coreia do Sul após manobras militares no país (KCNA/Reuters)

 

Pequim – O governo da China pediu nesta quarta-feira aos Estados Unidos e à Coreia do Norte que sejam flexíveis e não desperdicem a “duramente conseguida distensão na Península da Coreia”, em reação ao possível cancelamento da histórica cúpula entre Donald Trump e Kim Jong-un, depois das ameaças de Pyongyang por causa de manobras militares.

“Esta distensão duramente conseguida é uma justificativa para que as distintas partes assumam mudanças, portanto, esperamos que estas possam continuar o espírito de diálogo, reconciliação e cooperação que foi conseguido na Declaração de Panmunjom”, afirmou hoje em entrevista coletiva o porta-voz chinês, Lu Kang.

A fonte oficial acrescentou que os protagonistas da distensão “devem mostrar compreensão em relação ao outro e a seus legítimos temores” em prol de trabalhar juntos para conseguir confiança mútua e “consolidar a melhoria na situação da península, evitando provocações recíprocas”.

O porta-voz fez essas declarações ao saber que a Coreia do Norte está cogitando cancelar a cúpula entre seu líder máximo, Kim Jong-un, e o presidente americano, Donald Trump, prevista para 12 de junho em Cingapura.

O vice-ministro das Relações Exteriores norte-coreano, Kim Kye-gwan, disse em um comunicado que “se os EUA estão tentando nos encurralar para forçar nosso desmantelamento nuclear de maneira unilateral, então não nos interessa o diálogo e apenas podemos reconsiderar nossa predisposição em relação à cúpula”.

Kang afirmou hoje que a China “manteve durante um longo tempo a posição de que todas as partes devem tomar medidas concretas para aumentar a confiança mútua” e insistiu que Pequim sempre defendeu a “dupla suspensão” – o fim dos testes nucleares norte-coreanas em troca do fim das manobras militares americanos perto da Coreia do Norte – para encontrar uma solução política.

“Só o diálogo e os resultados concretos estabilizarão e trarão paz à região”, insistiu o porta-voz chinês.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...


Iraque. Naufrágio de ferry no rio Tigre provoca quase uma centena de mortos em Mossul
Os passageiros cruzavam o rio com destino aos parques onde as famílias tradicionalmente fazem piqueniques para celebrar o Ano Novo persa. O ministro da Justiça ordenou a prisão de nove trabalhadores da empresa de ferries e impediu os proprietários ...


Coreia do Norte abandona gabinete de contacto com a Coreia do Sul
As autoridades sul-coreanas lamentaram a decisão, para a qual, disseram, o Norte não apresentou quaisquer razões...


Moçambique. “Vivem de coco todos os dias. Não têm o que comer”
Segundo o balanço mais recente, 294 pessoas morreram em Moçambique na sequência da passagem do ciclone Idai ou das cheias que se lhe seguiram. O país, que cumpre o terceiro e último dia de luto nacional, recebe esta sexta-feira o primeiro de dois a...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News