Rondônia, - 11:51

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
China pede que EUA e Coreia do Norte não desperdicem avanços conquistados
Publicado Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, às 09:41 | Fonte Revista Exame 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=348554&codDep=24" data-text="China pede que EUA e Coreia do Norte não desperdicem avanços conquistados

  
 
 

Kim Jong-un: a Coreia do Norte suspendeu as conversas com a Coreia do Sul após manobras militares no país (KCNA/Reuters)

 

Pequim – O governo da China pediu nesta quarta-feira aos Estados Unidos e à Coreia do Norte que sejam flexíveis e não desperdicem a “duramente conseguida distensão na Península da Coreia”, em reação ao possível cancelamento da histórica cúpula entre Donald Trump e Kim Jong-un, depois das ameaças de Pyongyang por causa de manobras militares.

“Esta distensão duramente conseguida é uma justificativa para que as distintas partes assumam mudanças, portanto, esperamos que estas possam continuar o espírito de diálogo, reconciliação e cooperação que foi conseguido na Declaração de Panmunjom”, afirmou hoje em entrevista coletiva o porta-voz chinês, Lu Kang.

A fonte oficial acrescentou que os protagonistas da distensão “devem mostrar compreensão em relação ao outro e a seus legítimos temores” em prol de trabalhar juntos para conseguir confiança mútua e “consolidar a melhoria na situação da península, evitando provocações recíprocas”.

O porta-voz fez essas declarações ao saber que a Coreia do Norte está cogitando cancelar a cúpula entre seu líder máximo, Kim Jong-un, e o presidente americano, Donald Trump, prevista para 12 de junho em Cingapura.

O vice-ministro das Relações Exteriores norte-coreano, Kim Kye-gwan, disse em um comunicado que “se os EUA estão tentando nos encurralar para forçar nosso desmantelamento nuclear de maneira unilateral, então não nos interessa o diálogo e apenas podemos reconsiderar nossa predisposição em relação à cúpula”.

Kang afirmou hoje que a China “manteve durante um longo tempo a posição de que todas as partes devem tomar medidas concretas para aumentar a confiança mútua” e insistiu que Pequim sempre defendeu a “dupla suspensão” – o fim dos testes nucleares norte-coreanas em troca do fim das manobras militares americanos perto da Coreia do Norte – para encontrar uma solução política.

“Só o diálogo e os resultados concretos estabilizarão e trarão paz à região”, insistiu o porta-voz chinês.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Macron busca guinada social com um plano contra a pobreza
Presidente francês, acusado de governar para os ricos, propõe vias alternativas aos subsídios tradicionais ...


Espanha abrirá arquivos secretos da ditadura de Franco
Um relatório interno do Ministério da Defesa apoia a liberação de documentos militares anteriores a 1968 ...


Kiev diz serem falsos dados russos que culpam país por queda de avião malaio
Equipa Conjunta de Investigação formada após o desastre indicou que o sistema de mísseis antiaéreos que derrubou o avião malaio pertencia a uma unidade militar russa, que o deslocou de Kursk, na Rússia, para Donetsk, na Ucrânia, um mês antes do ata...


Ucrânia anuncia que vai pôr termo ao tratado de amizade com a Rússia
O ministério dos Negócios Estrangeiros ucraniano vai apresentar ao Presidente Petro Poroshenko um projeto-lei sobre a denúncia do acordo, assinado em 1997, que em Moscovo está a ser interpretado como um passo para uma eventual rutura das relações b...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM