Rondônia, - 16:36

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Equador nomeia economista ligado ao mercado como ministro de Finanças
Publicado Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, às 09:26 | Fonte Revista Exame 0

  
 
 

Equador: nomeação de Martinez poderia deixar presidente Lenin Moreno mais dependente dos partidos de centro-direita (Reprodução/Getty Images)

 

Nova York – O presidente do Equador, Lenin Moreno, nomeou Richard Martinez, um economista conservador com laços estreitos com a comunidade empresarial do país, como o ministro de Finanças, substituindo Maria Elsa Viteri.

Na avaliação da consultoria de risco político Eurasia Group, a medida é uma tentativa de Moreno de “aumentar a confiança dos investidores”, já que o Equador procura cerca de US$ 4,5 bilhões em financiamento externo neste ano.

“O fato de ele ter escolhido Martinez mostra, claramente, que Moreno está preocupado com a recente mudança no sentimento do mercado e reconheceu a necessidade de enviar um sinal forte”, disse a Eurasia.

A nomeação de Martinez poderia deixar Moreno mais dependente dos partidos de centro-direita, já que ele perde o apoio das siglas mais alinhadas à esquerda e alinhadas ao ex-presidente Rafael Correa, na visão da Eurasia. Fonte: Dow Jones Newswires.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...


Iraque. Naufrágio de ferry no rio Tigre provoca quase uma centena de mortos em Mossul
Os passageiros cruzavam o rio com destino aos parques onde as famílias tradicionalmente fazem piqueniques para celebrar o Ano Novo persa. O ministro da Justiça ordenou a prisão de nove trabalhadores da empresa de ferries e impediu os proprietários ...


Coreia do Norte abandona gabinete de contacto com a Coreia do Sul
As autoridades sul-coreanas lamentaram a decisão, para a qual, disseram, o Norte não apresentou quaisquer razões...


Moçambique. “Vivem de coco todos os dias. Não têm o que comer”
Segundo o balanço mais recente, 294 pessoas morreram em Moçambique na sequência da passagem do ciclone Idai ou das cheias que se lhe seguiram. O país, que cumpre o terceiro e último dia de luto nacional, recebe esta sexta-feira o primeiro de dois a...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News