Rondônia, - 03:03

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Unifesp recusou oferta da União para receber prédio que desabou em SP
Publicado Terça-Feira, 8 de Maio de 2018, às 05:31 | Fonte Notícia ao Minuto 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=348169&codDep=30" data-text="Unifesp recusou oferta da União para receber prédio que desabou em SP

  
 
 

© Reuters

 

AUniversidade Federal de São Paulo (Unifesp) rejeitou em 2013 a oferta de instalação do curso de Direito no edifício Wilson Paes de Almeida, que desabou na madrugada de terça-feira passada, dia 1º. Segundo a instituição, o prédio apresentava "condições de degradação e abandono".

 

Em ofício enviado à Secretaria do Patrimônio da União no dia 29 de abril de 2013, a Unifesp alega que vistoria realizada por técnicos da pró-reitoria de Planejamento constatou diversas irregularidades no edifício.

"São elas: alagamento permanente do subsolo, com possíveis consequências nas fundações e pisos da garagem; descolamento da empena lateral em relação ao prédio vizinho, indicando necessidade de avaliação estrutural; descolamento de elementos de revestimento da fachada podendo atingir pedestres; existência de numeroso patrimônio da Polícia Federal que não foi retirado do local; roubo e depredação de instalações diversas do imóvel, que precisam de ampla recuperação; tombamento de fachada e piso, o que dificulta adaptações; não atendimento das normas dos Bombeiros, implicando em nova torre de escadas enclausurada, entre outros aspectos".

O edifício Wilson Paes de Almeida foi oferecido à instituição pela União em agosto de 2012 e a vistoria da Unifesp foi realizada em maio do ano seguinte.

A Unifesp afirmou ainda, em ofício, que "apesar de ter interesse pelo imóvel e reconhecer sua importância histórica" não teria condições técnicas e orçamentárias para arcar com a recuperação e manutenção do edifício.

Em nota divulgada na Quinta-feira passada, dia 3, a universidade também afirma que não foi o único órgão público a recusar o imóvel. "Tanto as gestões Kassab quanto Haddad recusaram recebê-lo, dado seu estado de abandono, deterioração e riscos estruturais".

A instituição também prestou solidariedade às vítimas do incêndio e desabamento do edifício Wilson Paes, que ocupavam e residiam no prédio. "Culpabilizá-los pelo ocorrido é uma nova violência, quando o Estado se omite em relação à preservação e uso de seu patrimônio, à segurança dos que ali estavam por falta de opção e seu atendimento habitacional correto e definitivo." Com informações do Estadão conteúdo. 

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em NACIONAL


Mortes de motociclistas sobem 18% em São Paulo
Técnicos da Prefeitura avaliam que o crescimento está relacionado ao trabalho dos motoboys com aplicativos de entregas. ...


General, vice de Bolsonaro defende 35 anos para militares na ativa
General da reserva, ele admitiu também como contribuição para reforma previdenciária a tributação sobre pensões dos militares, que reclamam de defasagem salarial....


''NA UTI'' Infraero deve acabar em 2021
Ronei Glanzmann disse que, após a concessão de todos os aeroportos, o governo fechará a estatal. ...


Cratera na BA cresce quase 4m e atinge 89,5m de comprimento
Ainda não se sabe o que está causando a erosão...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News