Rondônia, - 06:23

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
MST invade fazenda de Oscar Maroni, dono do Bahamas
Publicado Quarta-Feira, 18 de Abril de 2018, às 05:24 | Fonte Veja.com 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=346984&codDep=19" data-text="MST invade fazenda de Oscar Maroni, dono do Bahamas

  
 
 

Bandeiras do MST na entrada da Fazenda Santa Cecília, em Araçatuba (@MST_Oficial/Twitter)

 

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiram nesta terça-feira (17) a Fazenda Santa Cecília, do empresário Oscar Maroni, em Araçatuba, no interior de São Paulo. A invasão ocorreu pouco menos de duas semanas após ele ter distribuído cerveja de graça a uma multidão em sua casa noturna, o Bahamas Hotel Clube, para comemorar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado pela Operação Lava Jato.

Na comemoração no Bahamas, que fica em Moema, Zona Sul da capital paulista, ele usava uma fantasia dos Irmãos Metralha, célebres criminosos das histórias em quadrinhos de Walt Disney.

De acordo com nota do MST, o empresário é “famoso por agenciar casas de prostituição de luxo como o Bahamas, onde agrediu sexualmente diversas mulheres, expondo o corpo de muitas trabalhadoras do sexo perante centenas de homens”.

Ainda segundo o movimento, a fazenda possui cerca de 1,7 mil hectares e já esteve envolvida em processos trabalhistas que a levaram a leilão em 2016. “O MST exige que a área seja destinada para a reforma agrária, para a construção de um assentamento onde as famílias possam morar e produzir alimentos agroecológicos”, diz a nota.

Essa foi a décima invasão de propriedade rural durante o chamado “Abril Vermelho” – conjunto de manifestações que o MST realiza para relembrar o massacre de 19 sem-terra em Eldorado dos Carajás, no Pará, em abril de 1996 –  e a quarta vez que o movimento ocupa a fazenda de Maroni.

Maroni disse a VEJA que, embora sua “comemoração” da prisão de Lula tenha resultado em prejuízo, ele cogita repetir a dose caso outros políticos sejam presos, citando o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ministro da Ciência e Tecnologia e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM).

O empresário afirmou, ainda, que alguns funcionários de sua fazenda foram intimidados pelo MST. Para ele, “invadir terras particulares altamente produtivas é um ato criminoso”. Os danos causados pela ação dos sem-terra ainda não foram calculados, segundo ele, que disse que já entrou com ação de reintegração de posse.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em POLÍTICA


Governo Temer gastou R$ 110 milhões em propaganda de reforma da Previdência fracassada
O governo do presidente Michel Temer (MDB) gastou, entre janeiro de 2017 e fevereiro de 2018, quase R$ 110 milhões em publicidade na fracassada tentativa de aprovar a reforma da Previdência. Os gastos com campanhas......


Fernando Haddad acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Acusações a Fernando Haddad remontam a factos relacionados com dívidas da campanha de 2012 para a governação do Estado de São Paulo...


Posse de Bolsonaro será às 15h de 1º de janeiro, diz Eunício
...


Gurgacz vai trabalhar no Senado pela primeira vez após ordem de prisão
Condenado a 4 anos, senador obteve no STF direito de cumprir mandato...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News