Rondônia, - 16:41

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Bashar al-Assad já se encontrou com aliados russos
Publicado Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, às 05:52 | Fonte Expresso 0

  
 
 

SPUTNIK

 

Bashar al-Assad, Presidente da Síria, reuniu-se este domingo com deputados russos, um encontro que acontece pouco mais de 24 horas após o ataque conduzido pelos Estados Unidos, Reino Unido e França a algumas das suas estruturas militares. Segundo a agência de notícias russa, al-Assad disse que via o ataque como “um claro ato de agressão”, isto depois de a própria russa ter dito que o ato dos aliados consistia “ingerência num país soberano”.

“O Presidente sírio vê neste ataque uma agressão e nós partilhamos da sua posição”, disse o deputado Sergei Zheleznyak à agência de notícias TASS. A percepção geral dos deputados, lê-se ainda na notícia, foi a de que al-Assad estava “de bom humor e com vontade de continuar o seu trabalho em Damasco”. Durante a reunião terá ainda elogiado as defesas antimíssil da Rússia, que terão ajudado a repelir alguns dos disparos da madrugada de sábado. Uma fonte do exército russo disse que esses mesmos mecanismos tinham conseguido interceptar e destruir 71 dos 105 mísseis lançados pelos norte-americanos, britânicos e franceses mas o Pentágono reforçou no sábado à tarde que todos os alvos previstos foram atingidos e que a missão cumpriu o seu objetivo.

A Rússia tem sido o maior aliado de al-Assad numa guerra contra a insurgência rebelde que tomou contra do país depois do início da Primavera Árabe em 2011. A guerra da Síria já fez meio milhão de vítimas mortais.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...


Iraque. Naufrágio de ferry no rio Tigre provoca quase uma centena de mortos em Mossul
Os passageiros cruzavam o rio com destino aos parques onde as famílias tradicionalmente fazem piqueniques para celebrar o Ano Novo persa. O ministro da Justiça ordenou a prisão de nove trabalhadores da empresa de ferries e impediu os proprietários ...


Coreia do Norte abandona gabinete de contacto com a Coreia do Sul
As autoridades sul-coreanas lamentaram a decisão, para a qual, disseram, o Norte não apresentou quaisquer razões...


Moçambique. “Vivem de coco todos os dias. Não têm o que comer”
Segundo o balanço mais recente, 294 pessoas morreram em Moçambique na sequência da passagem do ciclone Idai ou das cheias que se lhe seguiram. O país, que cumpre o terceiro e último dia de luto nacional, recebe esta sexta-feira o primeiro de dois a...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News